Ivete Sangalo se posiciona contra governo Bolsonaro nas redes sociais: 'não me representa'

Cantora baiana, que havia sido criticada por não citar o governo, fez declaração pública nesta terça-feira (22)

Escrito por Redação,

Zoeira
Selfie de Ivete Sangalo publicada nas redes sociais
Legenda: Ivete Sangalo chegou a citar importância das eleições para mudança da situação no Brasil
Foto: reprodução/Instagram

A cantora Ivete Sangalo foi mais uma artista a se declarar contra o governo de Jair Bolsonaro por meio das redes sociais. No início da tarde desta terça-feira (22), dias após ser questionada pela falta de posicionamento contundente, ela afirmou ser contra a gestão atual no Brasil.

"Meus zamuris, entendo o quão necessário é nesse momento não estabelecer dúvidas sobre o que acredito. Esse governo que aí está não me representa nem mesmo antes da ideia dele existir", escreveu Ivete no Instagram, em publicação que já ultrapassou a marca de 250 mil curtidas.

Legenda: Ivete Sangalo se posicionou em publicação do Instagram
Foto: reprodução/Instagram

A postagem acontece após a baiana publicar mensagem lamentando a marca de 500 mil mortos pela Covid-19 em solo brasileiro. Na ocasião, Ivete chegou a dizer que a questão não era "sobre partidos", mas "sobre humanidade".

Agora, a nova publicação da artista deixa sinais de que Ivete não teria se posicionado a favor de Bolsonaro sequer antes das eleições de 2018

"Isso vamos resolver quando unirmos forças nas próximas eleições através do poder do voto. Agora, vamos nos unir em prol do que podemos fazer nossos espaços para driblar essa desorganização", continuou na declaração.

Medidas contra a Covid-19

Ainda na mesma publicação, Ivete citou as medidas de proteção contra a Covid-19, estabelecidas ainda no início da pandemia de coronavírus em parte do mundo.

"O uso de máscaras, higienização, vacinas e o que mais preciso for. Então, que possamos nos vacinar. Eu sou a favor de vacina para todos", finalizou a cantora e apresentadora.

Nos comentários, fãs e amigos próximos de Ivete deixaram mensagens sobre a questão. "Importante demais sua voz!", escreveu a atriz Suzana Pires. Enquanto isso, Camila de Lucas, uma das finalistas do Big Brother Brasil 21, também deixou comentário de apoio ao posicionamento.

500 mil mortes

No último domingo (20), Ivete chamou atenção dos usuários de redes sociais ao lamentar as 500 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil. Em comentários, ela ganhou palmas e o título de "isentona".

Foto: reprodução/Instagram


"Não é natural. Não é uma mentira. É estarrecedor pensar sobre milhares de vidas ceifadas e dores irreparáveis em torno dessas perdas", disse na noite deste domingo (20). "Não é sobre partidos, é sobre humanidade", declarou.