Filho adotado por Carol Nakamura e Gui Leonel decide voltar à família biológica

O menino de 12 anos estava com o casal desde 2019, quando Carol foi fazer uma ação social em um lixão

Escrito por Redação,

Zoeira
Gui Leonel, Carol Nakamura e Wallace
Legenda: O processo de adoção foi interrompido durante a pandemia e nunca finalizado
Foto: Reprodução/Instagram

O filho adotado pela atriz e apresentadora Carol Nakamura e o modelo Guilherme Leonel, ex-"De Férias com Ex", decidiu voltar a morar com a família biológica. A criança de 12 anos vivia com o casal desde que foi tirado de um lixão no Rio de Janeiro em 2019.

O processo de adoção foi pausado durante a pandemia de Covid-19 e nunca foi concluído

Gui Leonel deu a notícia por meio do Instagram. "Jamais imaginaríamos que fosse desta forma, mas foi, e estamos superando", disse nesta terça-feira (31).

O modelo pediu "respeito a dor do próximo" e falou que ele e Carol Nakamura sentem saudades do menino: "Imagine a gente? Que desenhou toda uma história juntos, abdicamos de muitas coisas para dar o melhor a ele". 

"Meu sonho era vê-lo voando na vida! Eu sempre afirmei: esse moleque chega aonde ele quiser. Com a malandragem de vida, a inteligência que tem e todo suporte que damos, ele vai voar!", conta. 

Retorno para a mãe biológica

Carol Nakamura fez uma série de publicações no stories do Instagram postando registros dos três anos que o menino esteve com o casal. Apesar de explicar o ocorrido aos fãs, ela pediu respeito e privacidade e disse que não atenderá solicitações da imprensa no momento difícil.

"Foi triste? Foi. É sofrido? É. Sinto falta? Muito. Mas eu tenho que respeitar a vontade dele", desabafou.

Nakamura ainda falou sobre os últimos tempos de convivência com o menino, que foram difíceis pois ele entendia que ela e Guilherme não possuíam a guarda dele. 

"Estava safado. Ele já tinha entendido que eu não tinha a guarda dele. Se a gente brigasse ou colocasse de castigo ou chamasse a atenção, ele queria ir para a casa da mãe. E se a mãe fizesse o mesmo, ele vinha para cá", continuou ela.

"E nisso, faltando na aula. Sem vergonha. A gente sempre sentou e conversou demais, mas infelizmente, foi isso. Já chorei, fiquei sem entender, mas não adianta. O que me resta é aceitar. É um assunto que me incomoda muito. Fiquei me perguntando: onde errei, o que fiz de errado?"

A atriz continua: "Ele tem uma mãe biológica. Uma criança que cresce sem regra, é muito difícil... Por mais que você mostre os benefícios da educação, alfabetização, ter uma família, casa, oportunidades, o que ele não tinha antes, é complicado e decepcionante. Não estava acreditando que isso ia acontecer".

Repercussão

Após a divulgação da situação, o nome de Nakamura figurou nos Trends Topics do Twitter. Muitos usuários criticaram a postura da artista e do marido ao expor o caso e a decisão da criança.