Sisu abre inscrições nesta terça-feira (6); saiba quem pode participar

O período segue até a próxima sexta-feira (9) e é realizado exclusivamente pela plataforma virtual do programa

Tela inicial do site Sisu
Legenda: Os concorrentes com melhor classificação são selecionados pelo Sisu, de acordo com suas notas no Enem 2020
Foto: arquivo pessoal

As inscrições para concorrer ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, começam nesta terça-feira (6). O período segue até a próxima sexta-feira (9) e é realizado exclusivamente pela plataforma virtual do programa.

O sistema, porém, apresentou instabilidades diante dos acessos nesta madrugada. O Ministério da Educação ainda não se pronunciou sobre o assunto. 

Pode se candidatar as vagas oferecidas no Sisu apenas estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e que obtiveram nota na redação maior que zero.

Esses participantes não podem ter feito as provas em condição de treineiro, ou seja, ser menor de 18 anos e ainda não estar no último ano do ensino médio.

Os concorrentes com melhor classificação são selecionados pelo Sisu, de acordo com as notas no exame. Os resultados individuais foram divulgadas na semana passada e estão disponíveis para consulta na Página do Participante ou aplicativo do Enem.

COMO SE INSCREVER

O primeiro passo é abrir a página do Sisu e clicar em "Fazer Inscrição" e na próxima tela clicar em "Entrar".

O acesso ao sistema de inscrição agora é realizado com Login Único do governo federal. Se o candidato ainda não possui uma conta, basta cria uma acessando o site oficial

Após efetuar o login, é necessário confirmar os dados para o Sisu entrar em contato com o usuário. Se precisar, é possível alterar esses dados a qualquer momento na barra superior da plataforma virtual.

Agora, o candidato será redirecionado a área para escolher até duas opções de curso. É nesta tela que ele vai acompanhar a inscrição durante todo o processo. Para começar é só clicar em "Fazer inscrição na 1ª opção".

tela de inscrição do Sisu
Foto: divulgação

É possível pesquisar as vagas pelo nome do município, da instituição ou do curso. No resultado da busca o usuário conhece os cursos pesquisados. Para saber mais detalhe sobre a graduação, basta clicar nela e conferir. 

É necessário ler atentamente as modalidades disponíveis para o curso, e, então, escolher uma das opções para a qual pretende concorrer e clicar em "Escolher esta modalidade" para continuar.

Por fim, confira os dados do curso e a modalidade de vaga escolhidos, a documentação que será exigida pela instituição na matrícula e depois clique em “Confirmar minha inscrição”.

Após a confirmação, o usuário voltará para a tela "Minha inscrição" e poderá conferir as informações da opção escolhida. É possível alterar as opções selecionadas enquanto o período de inscrições estiver aberto. 

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS

As vagas das universidades públicas são distribuídas obedecendo à Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) e, como política de ações afirmativas, algumas instituições oferecem vagas reservadas e outras adotam bônus na nota do candidato.

Alguns cursos podem adotar critérios diferentes, como, por exemplo: um curso de física pode dar mais peso à nota da prova de Ciências da Natureza; já uma graduação de medicina pode exigir média mínima igual ou maior que 560 pontos e nota mínima em Ciências da Natureza igual ou maior a 400 pontos.

Pela página do Sisu será possível checar a nota de corte para cada instituição participante, local de oferta, curso, turno e modalidade de concorrência. Os dados serão atualizados periodicamente conforme o processamento das inscrições.

Durante esse período, o estudante pode alterar as suas opções e até cancelar a inscrição. A classificação no Sisu será feita com base na última alteração feita e confirmada no sistema.

Lista de espera

Para participar da lista de espera, o estudante deverá manifestar seu interesse por meio da página do Sisu na internet, no período de 13 a 19 de abril, em apenas um dos cursos para o qual optou. Quem já foi selecionado na chamada regular em uma de suas opções de vaga não poderá participar da lista de espera, independentemente de ter realizado a matrícula na instituição.

As regras para preenchimento das vagas não ocupadas na chamada regular serão definidas em edital próprio de cada instituição de ensino participante.

Calendário

O resultado para a única chamada do Sisu será divulgado em 13 de abril. Em caso de notas idênticas, a partir dos critérios de classificação, o desempate será feito no momento da matrícula e selecionado o candidato que comprovar a menor renda familiar.

O processo de matrícula será de 14 a 19 de abril, em dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição de ensino.

Confira o calendário completo do Sisu: 

Período de inscrições

  • 6 a 9 de abril 

Resultado da chamada regular

  • 13 abril 

Prazo para participar da lista de espera 

  • 13 a 19 de abril

Matrícula da chamada regular 

  • 14 a 19 de abril

Convocação dos candidatos em lista de espera 

  • A partir do dia 23 de abril

Quem pode se inscrever no Sisu

Podem se inscrever no Sisu os candidatos que fizeram o Enem de 2020, tenham obtido na redação nota que não seja zero e não estejam na situação descrita no Edital do Enem 2020. Contudo, algumas instituições adotam notas mínimas e/ou médias mínimas para inscrição em determinados cursos. Nesse caso, no momento da inscrição, se a nota do candidato não for suficiente para concorrer àquele curso, o sistema emitirá mensagem com esta informação

É possível se inscrever no Sisu e no Prouni

Sim. O candidato inscrito no Sisu pode se inscrever no Prouni, desde que atenda aos critérios do programa. É vedado ao estudante usar a bolsa do Prouni e estar, simultaneamente, matriculado em instituição de educação superior pública e gratuita. Portanto, quem for selecionado por ambos, deve optar por um deles.

Quando sai o resultado do Sisu

A previsão é que seja divulgado em 12 de abril próximo. O resultado do Sisu pode ser consultado no boletim do candidato, na página do Sisu, nas instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, no telefone 0800-61616

Quando sai a nota de corte do Sisu

O candidato deve acompanhar diariamente as notas dos cursos escolhidos. Durante o período de inscrição no Sisu, o candidato pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido.

A classificação parcial é calculada a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Portanto, é apenas uma referência e pode ser observada pelo estudante durante o período em que o sistema estiver aberto para as inscrições.

Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. 

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab