Encceja 2020 divulga gabaritos das provas nesta quarta-feira (1º)

Na mesmo data também são disponibilizados os Cadernos de Questões do teste

Estudante fazendo prova
Legenda: O participante será considerado aprovado se atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento
Foto: Shutterstock

Os gabaritos oficiais das provas objetivas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020 serão divulgados na próxima quarta-feira (1º), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os interessados em conferir as respostas do exame devem acessar o site do sistema na data. No mesmo dia também devem ser disponibilizados os Cadernos de Questões. O resultado oficial das provas, que revela a pontuação de cada candidato, ainda não tem data para ser divulgado.

O Encceja 2020 foi aplicado neste domingo (29) em todo o País. O exame é realizado pelo Inep, desde 2002, em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação. 

A participação no Encceja é voluntária, gratuita — para quem não faltou à última edição — e destinada a jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada. 

Como funciona o Encceja

O exame realizado neste domingo contou com quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação. 

Para a certificação do ensino fundamental, o participante foi avaliado em ciências naturais; matemática; língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação; história e geografia. 

Já no caso do ensino médio, foram verificados os conhecimentos em ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e redação; e ciências humanas e suas tecnologias.

Aprovação

O participante será considerado aprovado se atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento. 

Para atingir a proficiência em língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física, no ensino fundamental; e em linguagens, códigos e suas tecnologias, no ensino médio, o participante deverá obter, ainda, pontuação igual ou superior a 5 pontos na redação. Nesta edição, o tema da dissertação foi "Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes no Brasil". 

Certificação

Embora seja aplicado pelo Instituto, a emissão do certificado e da declaração de proficiência é responsabilidade das secretarias de Educação e dos institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia que firmam termo de adesão ao exame.

Em caso de falta

O participante que não compareceu às provas em que se inscreveu deve estar atento. Nesses casos, será necessário justificar a ausência para inscrever-se gratuitamente no Encceja 2021. O participante deverá justificar a falta nos termos do edital do exame. No entanto, é fundamental se atentar para alguns documentos que serão necessários.

Situações como assalto ou furto, acidente de trânsito, casamento ou união estável, morte na família e maternidade são algumas entre as aceitas pelo Inep como justificáveis para a ausência ao exame.

Desse modo, é importante que os participantes providenciem e guardem documentos como boletim de ocorrência, assim como certidões de casamento, de união estável, de óbito ou de nascimento, além da documentação pessoal que comprove parentesco com envolvidos no contexto, se for o caso. 

Pessoas que apresentaram sintomas de Covid-19 e não puderam fazer prova, devem solicitar a partir desta segunda-feira (30), até sexta-feira (3), a reaplicação da prova

Também será necessário enviar documentos comprobatórios para análise do Inep, por meio do sistema do exame. 

Reaplicação do Encceja

O Inep recebe a partir desta segunda-feira, até a próxima sexta-feira, os pedidos de reaplicação da prova. A oportunidade é apenas para participantes que tiveram problemas logísticos no domingo ou sintomas de doenças infectocontagiosas na véspera ou no dia da aplicação. 

A reaplicação será nos dias 13 e 14 de outubro. Será necessário comprovar a condição que motivou a ausência e os casos serão analisados individualmente.

No momento da solicitação, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, documento legível que comprove a condição. É necessário constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código da Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional que realizou o diagnóstico, com o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento precisa ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB.

Já para pedir a reaplicação por problemas logísticos, é necessário que o participante esteja enquadrado nas situações previstas no edital do Encceja 2020. Desastres naturais ou falta de energia elétrica que prejudicaram a aplicação do exame, por exemplo, são alguns dos contextos que permitem a solicitação.

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab