Programa de repatriação tem 263 casos suspeitos

Entre 2016 e 2017, a Receita abriu uma "janela" para que contribuintes que mantinham bens não declarados no exterior informassem os ativos ao Fisco e pagassem os tributos devidos