Análise: liberação do FGTS é solução paliativa e deve trazer benefícios apenas no curto prazo

Governo estuda liberar saque de até 35% do saldo de contas inativas do FGTS