Ainda otimista, confiança do consumidor cai na Capital em julho

Mais da metade dos fortalezenses (56,4%) consideram que a situação financeira atual está melhor em relação a um ano