Golpes se diversificam e exigem ainda mais cuidado dos usuários

Especialistas são taxativos quanto aos riscos de uma navegação sem atenção às páginas visitadas, ao que baixa e/ou clica. Novos golpes exploram velhas vulnerabilidades, entre elas a crença da inviolabilidade dos sistemas