Unifor realiza curso de formação em shiatsu

A técnica japonesa de massagem é usada para prevenir doenças e remediar dores no corpo. O curso acontece a partir de 19 de agosto e está com inscrições abertas 

Legenda: Após 10 anos morando no Japão, Ellen Maruska voltou formada em shiatsu e hoje atende em Fortaleza
Foto: Fotos: Camila Lima

A difusão das terapias integrativas tem sido uma referência de equilíbrio para a população aliviar o estresse cotidiano. Voltadas à prevenção de doenças, práticas como o shiatsu – uma técnica japonesa de massagem terapêutica - ganham pacientes e exigem, do cenário dos profissionais de saúde, a formação de novos especialistas. Nesse sentido, a Universidade de Fortaleza (Unifor) promove uma formação em shiatsu a partir do próximo dia 19 até 12 de setembro. 

Até 19 de agosto (ou enquanto houver vagas), as inscrições para o curso estão abertas. A formação exige o 2º grau completo e visa ensinar a técnica para terapeutas atuarem em âmbito particular, empresarial, hospitalar, clínico, educacional e governamental, em 48h/aula. A massoterapeuta Ellen Maruska Rossato, formada na técnica em Fukui, no Japão, e o educador físico André Martins (mestre em ciências fisiológicas) serão os facilitadores do curso.    

A parte introdutória da formação dará conta de teorias sobre anatomia palpatória e fisilogia, com André Martins. Ellen conduzirá o restante do curso, focando na prática do shiatsu (em japonês, o termo significa pressão, “atsu”, com os dedos, “shi”).  

“Todo método de ensino será baseado na minha formação no Japão. Meu intuito é formar profissionais na área com ciência da técnica e competência”, sintetiza a massoterapeuta. Ellen observa que a região Nordeste ainda é carente de especialistas em shiatsu, em relação ao Sudeste. Descendente de japoneses, ela veio do interior de São Paulo e teve contato com a prática desde sempre.  

Aplicado com muita precisão, o shiatsu não é uma massoterapia relaxante e costuma mexer bastante com os pontos de tensão do corpo dos pacientes. Ellen Maruska detalha que a técnica envolve a pressão dos polegares, das palmas da mão e dos cotovelos.  

“São movimentos precisos que vão de encontro com o desconforto de cada pessoa. A dor que ocorre não é por causa da forca da pressão, e sim porque a pessoa está com algum desequilíbrio. O terapeuta tem que saber exatamente como sentir essa dor e saber dosar a força”, orienta Ellen.  

Segundo a massoterapeuta, a maioria de seus clientes a procura com problemas de lombalgia, dor no nervo ciático, nos ombros, no pescoço, ou dor de cabeça crônica. "Todos esses desconfortos podem ser muito amenizados com a aplicação da técnica”, acrescenta.  

Respostas 

Ellen Maruska conta ainda que as respostas dos pacientes a respeito das sessões de shiatsu comprovam que a terapia é eficaz em equilibrar o funcionamento do organismo como um todo. Cita exemplos de clientes que, incomodados com o efeito colateral de remédios para o estômago, por exemplo, buscaram um tratamento complementar pela massagem.  

“Alguns passaram a se manter mais tempo sem dores nas pernas, por exemplo, pois a técnica promove melhora na circulação sanguínea, dentre outros benefícios. Como na filosofia ocidental tratamos o problema ao invés da causa (da doença), essas terapias integrativas ainda precisam ser mais difundidas, por isso criamos o curso”, justifica Ellen.  

Experiência 

Após 10 anos morando no Japão, a massoterapeuta voltou para o Brasil com a formação em shiatsu e com a vivência, dentre os seus antepassados, de uma cultura bem diferente em relação aos cuidados físicos e emocionais. 

“No Japão, a cultura da massagem é tão forte que é comum a pessoa sair do trabalho e receber uma sessão como happy hour. Os japoneses também percebem que as dores são de fundo emocional, e assim tratam o ser em seu todo”, orienta. 

Serviço 
Formação em Shiatsu 

Inscrições abertas até 19 de agosto (ou enquanto houver vagas). O curso acontece de 19 de agosto até 12 de setembro, com duração de 48h/aula, na Universidade de Fortaleza (Edson Queiroz). Investimento: R$ 1.016 à vista, ou em 6x no cartão. Aluno ou ex-aluno da Unifor tem direito a 15% de desconto, e funcionários de empresas conveniadas, 10%. Contato: (85) 3477.3114/3863