Sem lockdwon, veja quais medidas as cidades com mais infectados têm adotado para conter o vírus

Das 10 cidades com mais casos da Covid-19, Juazeiro do Norte, Caucaia, Maracanaú, Crato, Crateús, Maranguape, Iguatu e Russas optaram por não decretar lockdown, medida adotada por Sobral e Fortaleza.

Caucaia
Legenda: Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, decretou lockdown após orientação do Governo do Estado
Foto: José Leomar

Das dez cidades cearenses com maior número de infectados pelo novo coronavírus, apenas Fortaleza e Sobral decretaram lockdown. Os demais municípios têm adotado outras medidas para conter a rápida disseminação do vírus, como ampliação de testagem, implantação de barreiras sanitárias, restrição no horário de funcionamento do comércio e atividades não essenciais, e proibição de feiras livres.

Apesar da recomendação do governador Camilo Santana (PT) para que as cidades em nível crítico de transmissão da doença adotem o lockdown, gestores destas localidades justificam que as atuais medidas são adequadas para o momento e ressaltam que os números epidemiológicos estão sendo monitorados periodicamente. "Caso siga avançando a tendência é endurecer as medidas", pontuou a assessoria de Crato, na região do Cariri.

Cidades com maior número de infectados:

  • Fortaleza - 125.968;
  • Juazeiro do Norte - 18.202;
  • Sobral - 15.439;
  • Caucaia - 11.138;
  • Maracanaú - 10.936;
  • Crato - 10.089;
  • Crateús - 7.237;
  • Maranguape - 7.044
  • Iguatu - 5.610;
  • Russas - 5.247

Juazeiro do Norte

A maior cidade do interior cearense, com mais de 275 mil habitantes, descartou lockdown "neste primeiro momento", conforme apontou o prefeito Gledson Bezerra. Ele reconhece o momento delicado encarado em todo o Estado, mas avalia que as medidas em vigor atualmente no Município são apropriadas.

Dentre elas, está a intensificação da testagem e das campanhas publicitárias para "orientar a importância da adoção das medidas sanitárias para que outras mais graves não se façam necessárias", destacou Bezerra.

Quanto aos testes, o Município adquiriu  250 testes do tipo swab. A coleta do material da nasofaringe ocorre de forma semelhante à do swab comum para o exame do tipo RT-PCR. Porém, o resultado do swab antígeno fica disponível após cerca de 15 minutos.

Juazeiro do Norte
Legenda: Hospital de Campanha de Juazeiro do Norte será reativado

"O swab antígeno pode ser feito a partir do 3º dia de sintomas. Com isso a gente consegue diagnosticar, isolar e tratar mais rápido o paciente, evitando internações”, ressalta a secretária da Saúde do Município, Francimones Albuquerque. Na próxima segunda-feira, 8, será aberta licitação para aquisição de mais 7 mil testes. 

A fiscalização também terá incremento de equipe para evitar aglomerações. Além disso, Juazeiro, Crato e Barbalha se uniram para criação de um Comitê de crise que analisará os dados e definirá, em conjunto, ações futuras que serão decretadas.

Caucaia

Apesar de não ter decretado lockdown, o Município apresentou nesta sexta-feira (5) decreto com medidas mais restritivas. Dentre elas, limite de funcionamento de academias e centros religiosos até às 16 horas e com capacidade de apenas 30%; aulas e atividades presenciais em estabelecimentos de ensino suspensas; e o comércio deve funcionar somente até as 15 horas, como redução de 50% na capacidade de atendimento. Após este horário está liberado apenas delivery.

Além disso, o Município proibiu feiras livres e comércios ambulantes e recomendou ao setor privado o trabalho remoto, excetuando os serviços essenciais. As barreiras sanitárias na entrada do Município está mantida, com controle na entrada e saída de veículos, estando permitido somente para deslocamento em casos específicos como trabalho ou atendimento de saúde. Barracas de praias e parques aquáticos estão proibidos de funcionar. Essas determinações se estendem até o próximo dia 18 de março.

Maracanaú 

A Secretaria da Saúde do Município disse que "está avaliando o avanço da pandemia e monitorando a ocupação dos leitos" para deliberar as medidas a serem adotadas. Assim como em Juazeiro do Norte, o lockdown foi, por ora, descartado. O decreto atual em vigor não sofreu alterações. O texto estabelece barreira sanitárias; funcionalismo público em sistema remoto, exceto os serviços essenciais; ampliação da frota de ônibus e fiscalização nas ruas para evitar aglomerações.

maracanaú
Legenda: Agentes de segurança realizam fiscalização na entrada do município de Maracanaú
Foto: José Leomar

De acordo com a Secretaria da Saúde (Sesa) do Estado, Maracanaú está na classificação de nível "altíssimo" para o risco de transmissão da doença e a taxa de incidência de casos da Covid-19 por dia para cada 100 mil habitantes é de 327,2. O índice do Estado é de 277,6. A taxa de ocupação dos leitos de UTI-Covid em Maracanaú é de 96,5% e de enfermaria 85,61%. De todos os leitos UTI do Município, apenas um está disponível, no Hospital Ana Lima. Os dados são da plataforma IntegraSus, da Sesa.

Crato

A cidade restringiu o funcionamento do comércio e restaurantes, impondo fechamento até às 20h de segunda a sexta-feira e de 15h aos sábados para restaurantes e 17h para comércio, ficando liberado os serviços essenciais. O atual decreto determina o fechamento de espaços públicos, como praças e calçadões, com restrição de circulação a partir das 17h.

O Município implantou ainda toque de recolher das 22h às 5h, com exceção das atividades essenciais e suspendeu as aulas e atividades presenciais em estabelecimentos público ou privado. Educação infantil para crianças de até 3 anos está liberada. Além disso, todo o funcionalismo municipal está remoto.

Crato também ganhou dez novos leitos de UTI no começo desta semana. Apesar do reforço, contudo, a ocupação preocupa. Conforme o IntegraSus, o Município tem taxa de ocupação de 90% para leitos UTI-Covid.

Crateús

O Município está na classificação de risco "alto" para transmissão da Covid-19, mas tem baixa incidência de casos por dia para cada 100 mil habitantes (141,5). A taxa de positividade de 26,2% está abaixo da média estadual (31,9%) e, a taxa de letalidade é semelhante a do Ceará: 1,9 frente a 1,8%. 

A taxa de ocupação também é razoável. Dos 20 leitos de UTI-Covid, 16 estão ocupados, segundo o IntegraSus.  Com esses indicadores, a gestão decidiu não agravar as medidas e segue as diretrizes do decreto estadual.

Maranguape

O decreto em vigor no Município estabelece que "de segunda a sexta, a partir das 19h, todas as atividades devem ser suspensas, salvo o comércio de rua que deve suspender as atividades a partir das 17h".  O texto determina ainda que aos sábados e domingos, as atividades encerrem-se às 17h e restaurantes às 15h.

As aulas presenciais estão suspensas até o dia 7 de março, além de proibição de circulação de pessoas e veículos em vias públicas das 20h às 5h até sexta, e das 19h às 5h no fim de semana. Serviços essenciais e delivery estão liberados. Academias só podem funcionar até as 19h com capacidade limite de 30% e aos fins de semana até às 17h, com igual capacidade. Igrejas e templos religiosos só podem funcionar até 19h, e aos fins de semana até as 17h. 

O Município só dispõe de seis leitos de UTI-Covid. Todos estão ocupados, segundo o IntegraSus.

Iguatu

Dos 20 leitos UTI-Covid ofertados no Município, quatro estão disponíveis e, de enfermaria, são 13 vagos. O cenário é o melhor dentre as dez cidades com mais casos. Deste modo, não houve inclinação para lockdown e a cidade tem seguido as regências do decreto estadual. Missas e cultos religiosos estão com horário reduzido e capacidade de apenas 30%.

Iguatu
Legenda: Iguatu está na classificação "alta" para o risco de transmissão da Covid-19
Foto: Honório Barbosa

Toque de recolher de 20h às 5h está mantido e o comércio, funciona das 9h às 17h. A fiscalização nas ruas também foi intensificada para coibir aglomerações e garantir o cumprimento do decreto. Iguatu está na classificação de nível 3, isto é, "alta" para o risco de transmissão. No entanto, os indicadores de incidência, internações, taxa de positividade em testes e taxa de letalidade apontam para tendência decrescente.

Russas

O Município não conta com leitos de UTI e os de enfermaria, têm ocupação semelhante ao verificado em Iguatu. Das 22 vagas, 15 estão preenchidas, o que representa taxa de 68,8%. Ainda assim, o sinal é de alerta na cidade que já registrou 814 casos somente neste ano. O decreto atual também segue as determinações do governo do Estado.

VACINÔMETRO NO CEARÁ | COVID-19

Está vedada a realização de festas e eventos; manutenção do toque de recolher entre 20h e 5h, de segunda a sexta-feira, e entre 19h e 5h aos sábados e domingos; comércio liberado só até às 19h, exceto para serviços essenciais. No sábado e domingo, restaurantes funcionam até às 15h e outras atividades econômicas e religiosas até às 17.

Os espaços públicos continuam com circulação restrita todos os dias a partir das 17h e está mantida suspensão de aulas e atividades presenciais, de ensino público ou privado, salvo em relação à atividade cujo ensino remoto seja inviável como berçário e da educação infantil para crianças de até 3 anos. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará