União Brasil oficializa candidatura de Soraya Thronicke à Presidência

Nome da senadora substituiu o do deputado federal Luciano Bivar, que desistiu de concorrer ao pleito

Escrito por Redação,

PontoPoder
Soraya Thronicke de terno azul com a mão apontando pra cima.
Legenda: Soraya Thronicke é senadora pelo Mato Grosso do Sul.
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O União Brasil (UB) oficializou, nesta sexta-feira (5), em São Paulo, a candidatura da senadora Soraya Thronicke (UB-MS) à Presidência da República. O nome da parlamentar foi escolhido em substituição ao do deputado federal Luciano Bivar (UB-PE), que havia sido lançado pelo partido em maio deste ano, mas desistiu do pleito na última semana.

"Meu trabalho é e sempre será para quem mais precisa de apoio. A minha missão será a de unir o Brasil e farei isso com muito amor, muita facilidade, muita alegria e muita glória", disse Soraya na convenção nacional do UB, segundo o G1.

O economista e ex-deputado federal Marcos Cintra (UB-SP) é o candidato a vice na chapa com Soraya.

'A briga política não resolveu nada'

O União Brasil é um partido novo no País, fruto da fusão entre DEM e PSL — esta, sigla da qual fazia parte o presidente Jair Bolsonaro, que concorrerá à reeleição neste ano pelo PL.

"A briga política não resolveu nada até agora para nós brasileiros. Essa briga não vai nos levar a nada", afirmou Soraya, se referindo à polarização entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já sinalizada nas pesquisas de intenções de voto.

Enquanto candidato pelo UB, Bivar chegou a dizer que o partido não seria coadjuvante nas eleições. "Não vamos participar por participar, vamos participar para vencer porque temos todas as condições e projetos", alegou.

Maior participação feminina

Esta é a primeira vez, desde a redemocratização do País, que o Brasil terá tantas mulheres concorrendo aos maiores cargos do Poder Executivo. Além de Soraya, que encabeça a chapa do União Brasil, a senadora Simone Tebet (MDB) anunciou nesta semana que sua candidata a vice será a senadora Mara Gabrilli (PSDB).

O PSTU também lançou recentemente a operária Vera Lúcia e a indígena Kunã Yporã como candidatas a presidente e vice-presidente pelo partido. Pelo PCB, encabeça a chapa à Presidência a economista Sofia Manzano.

Quem é Soraya Thronicke?

Ela, que é advogada e tem 49 anos de idade, exerce seu primeiro mandato como senadora pelo Mato Grosso do Sul. É apresentada pelo União Brasil como "liberal na economia e defensora da família", de acordo com o G1.

Se filiou ao Partido novo em 2017, mas concorreu ao Senado em 2018 pelo PSL, antigo partido do presidente Bolsonaro.

Senadora de primeiro mandato e novata em disputas eleitorais, Soraya é apresentada pelo União Brasil como “liberal na economia e defensora da família”. Aos 49 anos, ela é formada em direito e começou na política ao se filiar ao Partido Novo em 2017.