Petrobras reduz preço do diesel e da gasolina em cerca de 4%

O anúncio segue a queda do preço do petróleo nos últimos dias, quando a commodity chegou a perder 6% do valor

Alta da gasolina
Legenda: O preço médio da gasolina passa a ser de R$ 2,59 o litro, 3,7% abaixo do valor médio anterior
Foto: Thiago Gadelha

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira, 24, que vai reduzir o preço do litro da gasolina e do diesel em R$ 0,11 nas refinarias a partir da quinta-feira, 25. O preço médio da gasolina passa a ser de R$ 2,59 o litro, 3,7% abaixo do valor médio anterior (R$ 2,69/l), e o preço médio do diesel passa a ser de R$ 2,75/l, queda de 3,8% contra o valor vigente de R$ 2,86/l.

O anúncio segue a queda do preço do petróleo nos últimos dias, quando a commodity chegou a perder 6% do valor na terça-feira, por conta de novas restrições para tentar conter a covid-19, especialmente na Europa, que ampliaram as dúvidas sobre o ritmo de retomada da demanda.

Nesta quarta, porém, o petróleo ensaia recuperação, principalmente após a divulgação dos estoques nos Estados Unidos que tiveram aumento abaixo do esperado.

Queda no preço do litro da gasolina nas refinarias

Após seis altas este ano, a Petrobras anunciou, nesta sexta-feira (19), que irá reduzir o preço da gasolina nas refinarias. Esta é a primeira vez, em 2021, que o valor do combustível cai. O diesel não terá alteração.

O preço médio da gasolina passará a ser de R$ 2,69 por litro, caindo R$ 0,14. O novo valor passa a valer a partir de sábado (20).

O sexto reajuste do ano foi anunciado no dia 8 de março. Na ocasião, a gasolina vendida pelas refinarias da estatal subiu 8,8% e o diesel, 5,5%.

Infográfico: evolução do preço da gasolina nos últimos anos

Isenção de impostos federais

No início de março, o presidente Jair Bolsonaro anunciou isenção de impostos federais sobre o diesel como parte de um esforço para conter a escalada e acalmar os caminhoneiros. Nos primeiros dias após a isenção, porém, o preço final subiu nos postos.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios