Esmaltec recebe prêmio por produção mais limpa

Legenda:
Foto: Everton Lemos
A Esmaltec venceu com um projeto desenvolvido e implantado em todo o seu processo de fabricação de fogões, refrigeradores, congeladores, bebedouros e recipientes para gás de cozinha, que utiliza tecnologias mais limpas visando a redução dos impactos ambientais.

Será hoje, durante um café-da-manhã na Casa da Indústria, que a Federação das Indústrias do Estado do Estado do Ceará entregará o Prêmio Fiec por Desempenho Ambiental às empresas Esmaltec, Rigesa e Lubnor, que obtiveram o primeiro lugar nas categorias Produção Mais Limpa, Educação Ambiental e Integração com a Sociedade, respectivamente. Na segunda colocação, receberão o prêmio, nas duas últimas modalidades, as indústrias Kaiser e Cimento Poty.

ESMALTEC - Única premiada de 2005 na categoria Produção Mais Limpa, a Esmaltec S/A venceu com um projeto desenvolvido e implantado em todo o seu processo de fabricação de fogões, refrigeradores, congeladores, bebedouros e recipientes para gás de cozinha, que utiliza tecnologias mais limpas visando à redução dos impactos ambientais e à preservação dos recursos naturais.

A política ambiental da empresa a fez investir em máquinas, equipamentos e processos que evitam e reduzem a produção de resíduos e a emissão de gases poluentes.

RIGESA - Na modalidade Educação Ambiental, a vitoriosa foi a Rigesa, que atua há mais de 63 anos no mercado brasileiro de papel e embalagens de papelão ondulado, de papel cartão e de plásticos semi-rígidos. A empresa promove, há cinco anos nas cidades onde mantém operações, o Seminário Rigesa de Educação Ambiental, voltado a professores de 4ª e 5ª séries. Além disso edita, mensalmente, um jornal infantil de educação ambiental: o Rigevida.

LUBNOR - A Unidade de Refino, Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), primeiro lugar na categoria Integração com a Sociedade, venceu com dois programas. O Petrobras Comunidade desenvolve ações em prol da auto-sustentabilidade e do fortalecimento sócioeconômico dos moradores do Mucuripe, como a Cooperativa Arte & Costura, formada por 38 artesãs e costureiras, que vende a produção para gerar renda às cooperadas. Outro programa é o Arte para a construção da cidadania, que promove a reinserção na sociedade de crianças e jovens através da arte e da educação complementar.

OBJETIVO - O objetivo do prêmio, que está em sua segunda edição, é reconhecer publicamente empresas filiadas aos sindicatos integrantes do Sistema Fiec, por ações de destaque na preservação do meio ambiente e na implementação de atividades que promovam a melhoria da qualidade ambiental, de acordo com os princípios do desenvolvimento sustentável, servindo, assim, de referência para outras indústrias.

No ano passado, na estréia do Prêmio Fiec por Desempenho Ambiental, as vencedoras foram as indústrias Iracema e Metalic. Na solenidade deste ano, além da premiação às vencedoras e às empresas colocadas em segundo lugar, serão entregues diploma de participação às empresas Ambev, Vicunha Têxtil, Cagece, Jangadeiro Têxtil, Intevet, e Ecofor.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios