Egídio Serpa: ZPE aguarda Roterdã

Empresários cearenses e capixabas que desejam instalar indústrias de beneficiamento de mármores e granitos na ZPE do Ceará devem "ter um pouco de paciência", como sugeriu uma fonte do Governo do Estado. Acontece o seguinte: a ZPE é hoje uma empresa controlada pela CIPP S/A, que tem a gestão do Porto e do Complexo Industrial do Pecém e que, agora, tem um forte e poderoso acionista - o Porto de Roterdã. Assim, o caso do terreno de mil hectares dentro do qual as indústrias de mármores e granitos serão localizadas, terá de aguardar um pronunciamento dos holandeses, "experts" no tema. Faz dois anos que o próprio governador Camilo Santana prometeu aos empresários a legalização do terreno da ZPE.

Corruptos

No mesmo instante em que o presidente Michel Temer quer dar indulto a 22 dos presos da Operação Lava Jato, todos condenados por corrupção - a constitucionalidade do decreto está em julgamento no STF - o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, foi preso ontem pelo mesmo crime por agentes da Polícia Federal e procuradores da República. Pezão, segundo a PF, integrou a quadrilha do ex-governador fluminense Sérgio Cabral, preso e condenado a mais de 100 anos de prisão. A sociedade brasileira - principalmente os que trabalham e produzem - pasma-se diante do inacreditável. Temer, alvo de duas denúncias da PGR que o acusa de corrupção passiva, quer tirar da cadeia, por indulto de Natal, 22 corruptos, entre os quais o notório Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados. O dinheiro público desviado por essas quadrilhas de políticos faz falta nos hospitais, nas escolas, no saneamento, na segurança pública, nas estradas, nos portos e aeroportos. Todos queremos o Brasil passado a limpo. Que o STF também o queira.

Multimodal

Mário Povia, diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, prestigiou a 13ª Expolog, ontem encerrada no Centro de Eventos. Ele disse que a Antaq está pronta para a logística multimodal. Há controvérsias: a cabotagem brasileira, por exemplo, é muito ruim.

Transnordestina

Surpreendeu a presença - festejada com aplausos - do presidente da Transnordestina Logística, Jorge Luiz de Melo, na Expolog, a Feira Internacional de Logística. As obras dessa ferrovia estão paralisadas há um ano e a empresa não tem dinheiro para retomá-las. Já foram investidos nela mais de R$ 6 bilhões, 2/3 dos quais de fundos públicos, incluindo Finor e FDNE, sendo necessários mais R$ 10 bilhões para a sua conclusão.

CHEGANDO

Duna Uribe Gondim, diretora de Desenvolvimento de Negócios Internacionais do Porto de Roterdã, foi designada para ocupar uma das duas diretorias da CIPP S/A, administradora do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Ela estará presente à reunião do Conselho de Administração da CIPP que, na próxima semana, homologará a sociedade dos holandeses com os cearenses. O outro representante de Roterdã na diretoria da CIPP virá em janeiro. Ele cuidará da parte financeira. Até o fim do primeiro trimestre de 2019, mais dois executivos holandeses chegarão ao Pecém. Um detalhe: Duna é cearense de Jaguaribe.

SINDUSCON

Hoje, às 21 horas, no La Maison, o Sindicato da Construção Civil do Ceará (Sinduscon) promove sua festa anual de confraternização, quando entregará troféus às empresas melhores do setor. A Companhia de Cimento Apodi patrocina, pelo quarto ano consecutivo, o Prêmio Tecnologia e Qualidade.

Calados!

De um empresário cearense da agropecuária: "O presidente eleito Jair Bolsonaro tomará correta atitude se mandar ficarem calados os seus filhos. Mesmo portadores de mandato popular, os Bolsonaro devem manter silêncio. Assim, ajudarão o pai a consertar o País".

Agrosetores

De 11 a 13 de dezembro, a Adece promoverá no Centro de Eventos o Agrosetores, seminário que reunirá a cadeia produtiva das diferentes áreas estaduais do agronegócio. Serão empossados os novos presidentes das câmaras setoriais.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?

Assuntos Relacionados