Hamster: veja curiosidades, cuidados e dicas

Super inteligentes, os hamsters são conhecidos pela energia e capacidade de socialização

Legenda: Os pequenos roedores estão sempre com os dentes em crescimento
Foto: Shutterstock

Sinônimo de fofura, os hamsters fazem parte da categoria de animais que já viraram até protagonistas de desenho animado. Entre os roedores, são conhecidos pelos dentes sempre em crescimento, pela energia constante e pela inteligência. 

Na natureza, vivem em tocas subterrâneas, onde armazenam a própria comida e dormem por longas horas durante o dia. Por conta da origem em regiões semidesérticas da Europa, Ásia e África, eles têm hábitos mais noturnos, já que nessas regiões o clima é mais ameno neste momento do dia. 

Características

Para criar esses animais em casa, é necessário estar atento a cada uma das principais características que os definem, segundo mostram veterinários e estudiosos. A formação do corpo e os hábitos de alimentação, por exemplo, dizem muito sobre como esse bicho se sentirá confortável e saudável. 

"As bochechas deles, dependendo da quantidade de alimento que está sendo ingerida, acabam se dilatando, servindo para o armazenamento dos nutrientes. Isso até dá origem ao nome deles, popularmente, algo que vem diretamente relacionado a essa característica", é o que explica Francisco Atualpa Soares Júnior*, presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Ceará (CRMV-CE).

Origem

Segundo ele, os roedores em questão têm origem na África e na Ásia. "Eles são animais originalmente selvagens, como a grande maioria, mas foram domesticados. Essa domesticação se deu justamente pela docilidade e também porque aos olhos dos humanos eles são muito bonitos, dóceis, fáceis de lidar", explica o especialista. 

Legenda: Os hamsters são conhecidos pela grande energia que possuem
Foto: Shutterstock

Hoje, ele comenta, esse processo de criação fez com que essa espécie passasse a ser comercializada não só no Brasil como em todo o mundo, configurando os hamsters como alguns dos principais animais a serem criados em ambientes domiciliares

Curiosidades

As características mais curiosas também acabam servindo como uma forma de diferenciá-los dos outros roedores. Abaixo, citamos algumas das principais citadas pelo presidente do CRMV-CE.

  • São animais muito ativos e, por isso, precisam de gaiolas repletas de objetos para exercícios;
  • Possuem faro e audição muito aguçados;
  • Os dentes desses animais estão sempre em crescimento, trazendo a forte necessidade de roer a todo momento;
  • O banho deles ocorre de forma diferente, sem água, então o recomendado é deixar areia disponível no local onde vivem.

Tipos:

  • Hamster chinês

O hamster chinês surgiu nos desertos da China e é super curioso e dócil. Além disso, é um dos menores roedores domésticos, medindo em torno de 6 centímetros e com peso variando de 50g a 70 gramas.

A pelagem, que só aparece na fase adulta, é marrom, cinza e branca. O curioso é que eles nascem sem pelos, não enxergam e nem ouvem.  

  • Hamster sírio

Os hamsters sírios são os mais comuns da espécie, conhecidos pelo carisma e esperteza. O pelo deles pode ser curto ou longo, variando também entre liso e ondulado e até nos tons da pelagem.

Nas características, são conhecidos pelo forte senso de territorialidade, o que faz com que a principal recomendação para eles seja a criação de apenas um por gaiola. 

Esses roedores têm 15 cm e apenas 120 g na fase adulta, com uma expectativa de vida entre 2 e 4 anos. As bochechas servem como bolsas de comida e estocam até 25g de alimento. 

  • Hamster anão russo

Os hamsters desse tipo medem mais do que 10 cm e pesam apenas 50 gramas, por isso são conhecidos como anões.

Com variação de cor, eles podem ser vistos nos tons café, cinza e branco, além de possuir linha preta no dorso. Originário da Ásia Central, eles são frequentemente encontrados em dunas de areia. "Ele tem um corpo mais peludo, com essa pelagem, na maioria das vezes, para o preto e o branco", adiciona Francisco Atualpa. 

Perguntas frequentes sobre o hamster

  • Atende pelo nome?

Estudos apontam que os hamsters são roedores extremamente inteligentes, criando hábitos diários, de acordo com a criação. Exatamente por isso, é normal que aprendam os nomes pelos quais são chamados, facilitando quando escutam frequentemente.

  • Enxerga no escuro?

A visão desses animais no escuro não é lá das melhores. Segundo especialistas, a visão que possuem é debilitada. Dessa forma, os bigodes acabam servindo como uma espécie de 'bússola' para que eles se orientem.

  • Pode tomar sol?

O ideal é que eles não fiquem expostos ao sol, justamente por conta da pouca tolerância a altas temperaturas. Esses animais são originários de terras mais frias e, portanto, pedem temperaturas mais amenas no dia a dia.

  • Hamster guarda comida na boca?

Sim, as bochechas desses animais se dilatam para guardar comida.

  • Atrai cobras ou ratos?

Não, eles não atraem nenhum tipo cobras, insetos ou ratos.

  • Qual o preço de um hamster?

Segundo sites especializados na venda de animais, o preço inicial de um hamster é de R$ 50.  

*Francisco Atualpa Soares Júnior é presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Ceará (CRMV-CE)

 


Assuntos Relacionados