Demi Lovato anuncia se identificar como pessoa de gênero não binário

Revelação sobre gênero foi divulgada em rede social

Escrito por Redação,

Zoeira
Demi Lovato com roupas nas cores verde e preta
Legenda: Lovato afirmou que não pretende ser porta-voz nem especialista no assunto
Foto: reprodução/Instagram

Demi Lovato divulgou, na madrugada desta quarta-feira (19), que se identifica como pessoa não binária — não se vê nem como mulher, nem como homem. O anúncio,  divulgado por meio das redes sociais, se deu com a estreia de seu podcast, "4D with Demi Lovato".

Lovato afirmou que não pretende ser porta-voz nem especialista no assunto, mas assegurou que mudará seus pronomes de tratamento para "they" e "them" ("eles" e "deles", em tradução literal), os quais são neutros na língua inglesa.

"Todos os dias quando acordamos, nos é dada uma nova oportunidade e chance para sermos quem queremos e desejamos ser. Passei a maior parte da minha vida crescendo em frente a todos vocês. Vocês viram o bom, o mau e tudo o mais. Minha vida não foi uma jornada apenas para mim, mas também estava vivendo para os que estão do outro lado das câmeras", escreveu Demi.

Lovato afirmou estar feliz em compartilhar mais detalhes de sua vida, além de sentir orgulho em ver o público saber da sua identificação. "Isso aconteceu depois de muito trabalho de cura e autorreflexão. Ainda estou aprendendo e mergulhando dentro de mim", destacou, acrescendo que compartilhar essa notícia lhe abre um "outro nível de vulnerabilidade".

"Estou fazendo isso por aqueles que não têm conseguido compartilhar quem realmente são com seus entes queridos. Por favor, continuem vivendo em suas verdades e saibam que estou enviando muito amor para vocês".

Pansexualidade

Conforme o portal G1, Demi Lovato havia se classificado como pansexual em março, durante entrevista ao podcast "The Joe Rogan Experience". No diálogo, Demi afirmou não saber se envelheceria ao lado de um parceiro do gênero masculino ou feminino nem se iria engravidar, revelando apenas que pretendia adotar uma criança.

Outras produções

Demi Lovato lançou, em março, novo álbum de estúdio, "Dancing With the Devil: The Art of Starting Over", e série documental no YouTube, homônimo ao título do álbum. Na produção, Lovato revelou ter sido vítima de estupro durante a adolescência, na época em que integrava elenco do Disney Channel. O agressor, conforme Demi, fora denunciado, mas "nunca teve problemas por isso".