Ator mexicano Enrique Rocha morre aos 81 anos

Funcionário do artista que óbito ocorreu por causas naturais

Escrito por Redação,

Zoeira
Enrique Rocha morre no México
Legenda: Rocha atuou em "O Privilégio de Amar" e "Rebelde", entre outras produções
Foto: Reprodução/Televisa S.A

O ator mexicano Enrique Rocha morreu, nesse domingo (7), aos 81 anos. Um funcionário dele declarou ao jornal El Universal que o óbito do artista foi por causas naturais. 

“Ele estava muito bem de saúde, não tinha antecedentes, tudo aconteceu de forma rápida e natural”, disse Oscar Espejel sem dar maiores detalhes. 

Nascido em 5 de janeiro de 1940 em Silão, no México, Enrique Rocha começou a se tornar um ator renomado e reconhecido pelo público da dramaturgia mexicana em 1965, quando estreou na primeira versão de "A Mentira". 

Duas décadas depois, ele emendou papéis de vilão em "Eu compro aquela mulher" (1992) e "Duas mulheres, um caminho" (1993). Já em 1998, o ator viveu um sádico em "O Privilégio de Amar" e um vampiro que assombrava crianças em "Serafim" (1999). 

No Brasil, Enrique Rocha apareceu no canal SBT, que exibe produções do México, como "Rebelde", onde ele interpretou o político León Bustamante, pai de Diego, personagem vivido por Christopher Uckermann, e em "Amores Verdadeiros", na pele de Aníbal.