Participante do Enem desiste da prova por medo de contágio da Covid-19 em sala com ar-condicionado

Tendo seguido cuidadosamente todas as recomendações sanitárias, a agente comunitária de saúde só decidiu fazer o exame ao ver “no site do Inep que não teria ar-condicionado”

Legenda: Durante a realização da prova, os candidatos do Enem precisam usar obrigatoriamente a máscara, podendo retirar somente no momento de identificação dos participantes e para comer e beber.
Foto: Felipe Mesquita

A agente comunitária de saúde, Adriana Lucinda Pereira, 43, desistiu de realizar a prova do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) pouco tempo antes do portão fechar, após perceber que o ar-condicionado de seu local de prova estaria ligado. A candidata chegou a entrar na sala onde realizaria o exame, mas apesar dos fiscais afirmarem que a porta seguiria aberta durante todo o tempo, temeu os riscos de contaminação do novo coronavírus

“Procurei algum dos fiscais, disseram que não poderiam fazer nada, porque são ordens que vêm do Inep”, explica. Durante toda a pandemia, Adriana tem seguido cuidadosamente as medidas de prevenção ao coronavírus, como isolamento, uso de máscara e distanciamento social. Apesar do receio de realizar a prova ao lado de tantos candidatos, decidiu ir por ver “no site do Inep que não teria ar-condicionado e teria ventiladores”. 

Para ela, a decisão de sair foi “dura”, principalmente porque seria a terceira tentativa de realizar a prova para ingressar no curso de Políticas Públicas na Universidade Federal do Ceará (UFC). 

"É uma decisão dura, porque é uma coisa que você quer tentar, um objetivo que você quer alcançar e você chegar e ter que desistir. Comuniquei minha desistência e eles disseram que não poderiam fazer nada, pois seria ordem que vem do Inep", disse.

A equipe do Sistema Verdes Mares questionou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador do Enem, acerca da regularidade da sala de aula. No entanto, até o momento da publicação, não havia obtido resposta.

Receios

Além dela, o filho de 19 anos também está realizando o Enem 2020 neste ano, na mesma localidade. Depois de perceber as condições de sua sala de aula, Adriana afirma ter procurado o estudante que atualmente cursa Engenharia de Alimentos e deseja ingressar em Arquitetura. 

“Eu fiquei com um pouco de revolta, de preocupação. Eu estou mais preocupada por causa dele. Tenho medo dele vir a se contaminar, porque a gente teve todo cuidado”, relata. Mesmo com os medos da mãe, o estudante optou por realizar a prova.

Prevenção

Durante a realização da prova, seja no local de entrada ou na sala de aula, os candidatos ao Enem devem, obrigatoriamente, usar máscara, com o item de proteção cobrindo o nariz e a boca. Só será possível retirar no momento de identificação dos participantes e para comer e beber. 

É importante lembrar ainda de, na retirada, não tocar na parte frontal da máscara e, depois, higienizar as mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo fiscal que aplica a prova.

Quem estiver com covid-19 ou sintomas da doença, bem como de outras infectocontagiosas, não devem prestar o exame agora. A situação deve ser informada ao Inep. A reaplicação do exame nos casos que se enquadrarem nesse perfil será nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab