Previsão de alta do PIB não pode ser vista como sinal de retomada

Para economistas ouvidos pela reportagem, o mercado está reagindo a três medidas interligadas do Governo Federal, porém, sem a execução de reformas estruturais, não há garantias de que a previsão otimista seja consistente