Menina de 10 anos faz campanha para conscientizar turistas sobre uso de máscaras em Jericoacoara

Na companhia dos pais, a pequena Julya exibe cartazes com dizeres "Use Máscara" e "Proteja a Vila" nas principais ruas da cidade

Legenda: Família fez cartazes para conscientizar as pessoas a usarem máscaras em Jeri
Foto: Beatriz Gurgel

Uma família que mora em Jericoacoara, no litoral oeste do Ceará, decidiu ir para as principais ruas do município com cartazes que levam mensagens de conscientização sobre a importância do uso de máscaras para evitar a transmissão do novo coronavírus. O movimento na vila de Jericoacoara aumentou bastante neste fim de semana, com a ocupação de 100% dos hotéis no feriado da Independência. Houve registro de aglomerações e desrespeito às medidas de distanciamento social.

A ideia de confeccionar os cartazes com dizeres "Use Máscara" e "Proteja a Vila" foi da pequena estudante Julya, de 10 anos. Ela filha da assistente administrativa Jhully Pessoa e do planejador financeiro César Conrado. 

> Turistas lotam Jericoacoara e desrespeitam medidas de isolamento contra a Covid-19

> Aglomeração e desrespeito à lei sobre uso de máscaras são registrados na orla de Fortaleza

> Praia de Canoa Quebrada registra movimentação intensa durante o fim de semana

"A gente mora aqui em Jericoacoara e durante os passeios pela cidade, minha filha ficou incomodada ao ver que ninguém usava máscara. Ela me perguntou se a gente poderia fazer um cartaz e colocar na frente da nossa casa. Eu disse para ela que poderíamos fazer melhor. A gente pode ir lá e mostrar para as pessoas, e assim fizemos. Toda semana, nos dias de grande movimento, a gente continua indo lá e levando esse cartaz", disse a mãe.

Ainda segundo ela, a iniciativa foi muito bem recebida nos primeiros dias em que foi realizada, em meados de agosto, quando a cidade começou a reabrir algumas atividades econômica e não registrava tanto fluxo de visitantes, contudo, diante da lotação registrada neste fim de semana, muitas pessoas deixaram de dar importância à ação organizada pela menina com a ajuda e o apoio dos pais. 

"Agora com o passar do tempo e a falta de fiscalização e sinalização, as pessoas estão se constrangendo pouco. Algumas dão joia. Outras dizem que o vírus não existe e questionam nossa ação. Meu marido então explica e dá as orientações sobre a importância do uso da máscara", explica Jhully.  

Legenda: Ação para conscientizar turistas foi feita na praia de Jeri
Foto: Beatriz Gurgel

Apesar de algumas críticas, a pequena Julya não desiste de ir com a família para a Rua Principal, um dos locais onde são exibidos os cartazes. Mesmo acontecendo em menor números, cada nova adesão ao uso da máscara é comemorada pela menina.

"Como toda ação, duas pessoas pararam para expor sua indignação. Ouvimos e continuamos. Os olhos da minha filha brilham quando uma pessoa passa, olha para a gente e resolve colocar a máscara. Ela fala 'Mãe, isso dá certo", declara a mãe cheia de orgulho, garantindo que a filha vai continuar levando sua mensagem de conscientização.

Legenda: Muitos turistas foram vistos sem máscaras de proteção durante o feriadão em Jericoacoara
Foto: Mateus Ferreira/SVM

Aglomerações no fim de semana 

Turistas e frequentadores lotaram as ruas da vila de Jericoacoara, no litoral oeste do Ceará, neste fim de semana. Na noite do sábado (5), muitos dos visitantes não usavam máscaras de proteção contra a Covid-19 e não mantinham o distanciamento social. Conforme noticiado pelo Sistema Verdes Mares, a rede hoteleira da cidade está com 100% de ocupação para o feriado de Independência.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, Ricardo Wagner, afirmou que os restaurantes e barracas de praia têm autorização para funcionar até às 23h, mantendo 50% de ocupação de mesas e cadeiras. Questionado sobre a aglomeração de pessoas, ele disse que a prefeitura de Jijoca de Jericoacoara está "trabalhando para sanar os problemas".

Em fotos e vídeos compartilhadas por visitantes do local, é possível ver pessoas andando muito próximo umas das outras. Nos restaurantes, os frequentadores não mantinham o distanciamento de segurança para evitar a transmissão do novo coronavírus. Um grande número de pessoas também foi vista próximo às barracas de venda de comida e bebida. 

Rede hoteleira com 100% de ocupação

 A vila possui 7.500 leitos entre hotéis e pousadas e todos estão lotados. A informação é da própria prefeitura de Jijoca de Jericoacoara. 

A movimentação intensa de turistas na vila anima o gerente comercial do grupo La Villa, Júlio César Borges.  “A procura está imensa e a gente até foi surpreendido com essa demanda altíssima para os finais de semana e feriados. E hoje realmente estamos trabalhando com 100% total e para os próximos feriados também a demanda é muita alta. Inclusive para fora os feriados. O turismo voltou com força total”, diz satisfeito. 

Sobre o não uso das máscaras por parte da maioria dos turistas, Júlio César afirma que os empresários dos estabelecimentos orientam os turistas, mas está difícil convencê-los a utilizar a máscara de proteção. 

“Existe uma certa dificuldade para eles realmente cumprirem as regras. Que é o distanciamento e o uso de máscaras. As pousadas e os estabelecimentos estão orientando e estamos seguindo todos os protocolos, porém a gente tem ainda uma certa resistência pelo próprio turista de cumprir essas regras”, disse. 

Quero receber conteúdos exclusivos do Dias Melhores