Dragão do Mar inicia reabertura gradual das atividades culturais a partir de 1º de outubro

Primero equipamento a receber o público é o cinema. Até o fim do mês, voltam o teatro e o planetário

Legenda: Equipamento permaneceu fechado por seis meses por causa da pandemia de Covid-19
Foto: Divulgação/CDMAC

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura reabre ao público a partir de quinta-feira, 1º de outubro, após seis meses sem atividades presencias devido à pandemia de Covid-19. O Cinema do Dragão será o primeiro equipamento a retomar o funcionamento. Até o fim do mês, serão reabertos o planetário e o teatro.

O Museu da Cultura Cearense e o Museu de Arte Contemporânea do Ceará permanecerão fechados para reforma e seguem com programações on-line.

O retorno das atividades culturais foi possível após autorização do governo do Estado por meio do Comitê Enfrentamento à Pandemia de Coronavírus. O cinema vai funcionar com a ocupação reduzida. O uso de máscara e o distanciamento mínimo de 1,5 metro serão regra para a circulação em todos os espaços do CDMAC, que também disponibilizará álcool em gel 70% para os circulantes e equipamentos de proteção individual.

A superintendente do Centro Dragão do Mar, Natásha Faria, vê a abertura do equipamento como uma oportunidade para observar o comportamento do público diante dos novos protocolos de segurança ante a pandemia. 

"Reabrir o Centro Dragão do Mar num contexto de pandemia, depois de mais de seis meses fechado ao público, é uma grande responsabilidade, pois recebemos visitantes do mundo todo. Passamos bastante tempo planejando essa retomada, junto à Secult e ao Instituto Dragão do Mar, para que tudo aconteça de maneira segura. Sabemos que o público está sentindo muita falta da programação e dos reencontros e afetos que ela gera. Reabriremos por etapas cada um dos espaços do CDMAC, o que nos permitirá observar como o público se adapta
aos novos protocolos", disse. 

Ingressos

Para evitar aglomerações, a recomendação é para que o público antecipe a compra dos ingressos pela plataforma ingresso online. Caso não seja possível a aquisição antecipada dos tíquetes, o público poderá adquirí-los na bilheteria física, com a sugestão de compra a crédido com uso de cartão por aproximação. 

Além de aferição de temperatura na entrada do cinema, as salas contarão com limitação da ocupação, distanciamento de poltronas e higienização do espaço nos intervalos entre as sessões.

Teatro e Planetário

O Teatro Dragão do Mar vai ser o próximo equipamento a reabrir, mediante a redução dos índices da pandemia do Ceará. A entrada será limitada a 94 lugares e a oocupação dos assentos deverá respeitar o distanciamento social. 

Já o Planetário Rubens de Azevedo retoma as atividades entre o fim de outubro e o início de novembro com as mesmas medidas sanitárias adotadas pelo cinema e pelo teatro, entre as quais está a limitação de assentos, que agora será limitada a 25 lugares. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados