VÍDEO: Atos em memória dos 600 mil mortos por Covid-19 no Brasil e protestos contra Bolsonaro

Lenços brancos foram dispostos na praia de Copacabana. Em Brasília, manifestantes se reuniram em frente ao Palácio do Planalto

Em memória às vítimas da pandemia de coronavírus no Brasil e em oposição ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido), atos ocorreram pelo país, que deve chegar a 600 mil mortos por Covid-19 nesta sexta-feira (8). Assista acima.

No Rio de Janeiro, a ONG Rio de Paz estendeu 600 lenços brancos na Praia de Copacabana. Já em Brasília, manifestantes se reuniram em frente ao Palácio do Planalto em ato contra o governo de Bolsonaro.

Conforme dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde, foram 451 óbitos nas últimas 24 horas. Já nos últimos 7 dias, a média móvel é de 438, a menor em onze meses

Legenda: Médicos cearenses realizam manifestação na Praia de Iracema, em Fortaleza, contra as 600 mil mortes
Foto: Pedro Pinheiro

Em Fortaleza, um grupo de médicos cearenses realizou uma manifestação na manhã dessa sexta-feira (8), na Praia de Iracema

Além de segurar cartazes, os médicos fincaram cruzes na areia da praia para lembrar das 600 mil vítimas do coronavírus no País. 

Os médicos e médicas participantes da manifestação integram o Coletivo Rebento/Médicos em Defesa da Vida, da Ciência e do SUS, a Associação Brasileira de Médicos e Médicas pela Democracia e a Rede Nacional de Médicos Populares/Ceará.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil