Médico é preso após espancar cachorro até a morte no Paraná; em vídeo, é possível ouvir as agressões

Segundo a Polícia Militar, o suspeito estava tentando corrigir o cachorro por ter feito xixi em local errado

Lulu da Pomerania
Legenda: O cachorro que morreu após o espancamento foi um filhote da raça Lulu da Pomerânia, também chamado de Spitz Alemão (foto ilustrativa)
Foto: Shutterstock

Na noite da última segunda-feira (10), um médico foi preso após espancar um cachorro até a morte, no município de Cascavel, no Paraná. Segundo a Polícia Militar, o suspeito relatou que a violência foi uma forma de correção ao animal por ter feito xixi em local errado. As informações são do portal g1.

Após ser acionada por uma denunciante, que gravou vídeos dos maus-tratos contra o filhote da raça Lulu da Pomerania. Os policiais foram ao apartamento do médico e tentaram socorrer o animal, levando-o para uma clínica veterinária. Durante o trajeto, o cachorro não resistiu aos ferimentos.

A polícia aguarda o laudo cadavérico para apontar a causa da morte, mas a suspeita é de que o médico tenha usado um pedaço de madeira. 

O médico, que confessou o espancamento, foi preso em flagrante pelo crime de maus-tratos, sem direito a pagamento de fiança. No Brasil, esse tipo de crime tem pena prevista superior a quatro anos de detenção. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados