Mais 1,1 milhão de doses da vacina da Pfizer começam a ser distribuídas nesta segunda-feira (10)

O Ceará aguarda 45.690 unidades do imunizante

Foto de frasco da vacina da Pfizer
Legenda: Governo Federal tem contrato para 100 milhões de doses da Pfizer e está perto de finalizar mais um
Foto: BERTRAND GUAY/AFP

A partir desta segunda-feira (10), novo lote com 1,12 milhão de doses da vacina da Pfizer/BionTech começa a ser distribuído aos estados pelo Ministério da Saúde (MS). De acordo com a pasta, os imunizantes devem ser utilizados para aplicação da primeira dose em pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente.

Esta será a segunda leva da Pfizer enviada a todo o País. No dia 29 de abril, o governo federal distribuiu o primeiro lote, com 1 milhão de doses.

Segundo o MS, todos os 26 estados do País e Distrito Federal receberão o imunizante de forma proporcional e igualitária

Vacina no Ceará 

O Ceará recebeu 17.550 doses da Pfizer na última segunda-feira (3). Conforme o governador Camilo Santana, outro lote, com 45.690 unidades do imunizante devem chegar ao Estado, às 22h desta segunda-feira (10). 

Logística

A logística de distribuição das vacinas da Pfizer foi montada levando em conta as condições de armazenamento do imunizante. No Centro de Distribuição do Ministério, em Guarulhos, as doses ficam armazenadas a uma temperatura de -90°C a -60°C.

Ao serem enviadas aos estados, as vacinas estarão expostas à temperatura de -20°C. Nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de +2 a +8°C, as doses precisam ser aplicadas em até cinco dias.

“Em função disso, o Ministério da Saúde orienta que, neste momento, a vacinação com o imunizante da Pfizer seja realizada apenas em unidades de saúde das 27 capitais brasileiras, de forma a evitar prejuízos na vacinação e garantir a aplicação da primeira e segunda doses com intervalo de 12 semanas entre uma e outra”, informou o ministério.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil