Mãe de Henry Borel troca de advogados e defesa será separada de Dr. Jairinho

A mudança foi solicitada pela família de Monique Medeiros

Foto de Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, sendo presa
Legenda: Novos advogados já solicitaram os autos do processo
Foto: Reprodução/TV Globo

Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, trocou de advogados e agora terá defesa separada do namorado Dr. Jairinho. O casal é acusado de matar a criança e está preso desde a semana passada.

Thiago Minagé e Hugo Novaes assumem o caso de Monique. Anteriormente, ela e o vereador eram defendidos pela mesma equipe. A troca foi revelada pelo portal "Uol".

A mudança foi solicitada pela família de Monique Medeiros nesta segunda-feira (12). Nova equipe da professora já protocolou pedido para acessar os autos do inquérito à 16ª DP do Rio de Janeiro.

"Nós orientamos a família da Monique, e a própria Monique, ontem, quando estive com ela em Niterói, que, com a prisão e a existência desses prints (que nós só temos conhecimento pela mídia), seria importante que ela constituísse um advogado para ela", pontuou o advogado Thiago Minage.

Ainda enquanto estavam com a mesma equipe de defesa, a dupla teve pedido de habeas corpus negado pela Justiça nesta segunda.

André França seguirá defendendo o vereador Dr. Jairinho, padastro de Henry. 

Novo advogado já defendeu Eduardo Cunha

Thiago Minagé, um dos novos advogados de Monique Medeiros, integra a defesa de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, condenado na Operação Lava Jato. A informação é do colunista Lauro Jardim, do "O Globo".

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil