Jiboia desaparece de apartamento em São Paulo e polícia ambiental registra ocorrência

Sumiço foi registrado na última terça-feira; responsável aguarda imagens de câmeras de segurança para localizar o animal de estimação

Imagem de uma jiboia
Legenda: Dona pediu para que vizinhos não façam mal ao animal caso encontrem a cobra
Foto: Reprodução/Instagram

Uma jiboia arco-íris, batizada de Sylas, desapareceu do apartamento da dona, localizado no bairro de Perdizes, em São Paulo. O animal de estimação foi visto pela última vez na noite de segunda-feira (20), mas foi apenas na manhã da última terça (21) que a responsável percebeu o sumiço. As informações são do g1.

Imagem de cobra nos braços da dona
Legenda: Moradores apontaram a dona do animal como irresponsável
Foto: Reprodução/Instagram

Devido ao caso, a Polícia ambiental registrou a ocorrência da fuga de Sylas. A dona apontou que a cobra não é peçonhenta. "Na segunda-feira à noite, o vi antes de dormir e ontem pela manhã, quando fui olhar novamente, ele não estava em seu terrário", detalhou em suas redes sociais.

"Notei que a 'portinha' onde se passa o fio da placa aquecida estava erguida e provavelmente saiu por lá. Revirei a casa toda e não acredito que continue dentro do apartamento".
Dona da cobra
Anônima

A responsável pelo animal ainda acrescentou que está aguardando receber imagens de câmeras de segurança para localizar o animal.

Os Bombeiros orientam que, caso o animal apareça, as pessoas não devem tocar nele. É preciso ligar para o órgão ou para a Polícia Militar Ambiental.

Repercussão entre vizinhos

Após perceber o desaparecimento da jiboia, a dona alertou sobre o caso para os vizinhos. A informação logo foi compartilhada em um grupo de moradores do bairro. 

"Que noite tranquila, mandaram no grupo do bairro que tem uma jiboia solta por aí. Fugiu de casa e ninguém sabe onde foi parar", disse um dos moradores nas redes sociais.

Por conta das críticas por criar uma cobra em casa e das piadas com a situação, a responsável pelo animal pediu aos vizinhos que não fizessem mal a Sylas, caso o encontrem. 

"Não quero opiniões, nem críticas, só decidi avisar, porque sei que tem gente que o ama por aqui e é o mínimo que posso fazer", declarou.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil