Empresa chinesa CanSino se reúne com a Anvisa para tentar trazer vacina da Covid ao Brasil

A CanSino Biologics anunciou, no dia 24 de fevereiro, que sua vacina contra a Covid-19 tem eficácia superior a 65%

Vacina chinesa, Cansino
Legenda: Empresa realizou reunião de manifestação de interesse com a Anvisa nesta segunda
Foto: Divulgação/CanSino

Durante reunião com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta segunda-feira (8), a CanSino Biologicals, empresa chinesa responsável pelo desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19, manifestou interesse em trazer o imunizante para o Brasil. Foram apresentados normas e requisitos técnicos para pedidos de registro emergencial.

O encontro teve a participação da equipe técnica de medicamentos da agência e dos representantes do laboratório no Brasil e na China. Os técnicos esclareceram ainda que, para avaliar uma vacina, a agência precisa ter acesso a todos os dados brutos e disponíveis sobre o produto.

"A empresa manifestou interesse em trazer a vacina para o Brasil, mas a forma como isso ocorrerá é uma decisão ainda a ser definida pelo laboratório", pontuou a Anvisa em nota.

Atualmente, as vacinas contra Covid no Brasil só podem ser autorizadas por meio do registro ou do uso emergencial. Nos dois casos a avaliação pode ser feita com dados de estudos clínicos feitos no país ou com dados trazidos de estudo em outros países.

A CanSino Biologics anunciou, no dia 24 de fevereiro, que sua vacina contra a Covid-19 tem eficácia superior a 65% contra todos os casos sintomáticos da doença.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil