Terceiro suspeito de ataque a banco em Milagres é preso em posto de gasolina

Os dois primeiros presos foram encontrados em uma chácara onde assaltantes ficaram alojados antes da tentativa de ataque.

Escrito por Redação,

Segurança

A polícia prendeu no início da tarde desta sexta-feira, 7, o terceiro suspeito de envolvimento no ataque a duas agências bancárias na cidade de Milagres, que deixou 12 mortos, entre eles, cinco pessoas da mesma família.

A prisão do homem aconteceu por volta de 14h30, no posto de gasolina Magnólia, localizado a cerca de 3 km de distância da sede do município. De acordo com a polícia, o homem estava nas imediações do posto, agindo como se fosse morador da cidade para despistar os policias, porém os agentes de segurança já tinham informações das características dos suspeitos envolvidos nos ataques e o homem foi reconhecido. 

O suspeito foi conduzido para a delegacia de Brejo Santo, responsável pelas investigações sobre o caso.

Casal suspeito de apoiar quadrilha

Na delegacia de Brejo Santo, também já estão detidos outros dois suspeitos de participação na tentativa de assalto, conforme declarações do secretário da Segurança, delegado André Costa. É um casal que foi encontrado em uma chácara onde os assaltantes ficaram alojados desde quarta-feira (5). Segundo a polícia, eles visitaram a cidade de Milagres em dois carros para fazer um levantamento inicial do local do crime.

LEIA AINDA:
'É muito difícil fazer um julgamento sobre a ação dos policiais', diz secretário André Costa
"Permaneçam em suas casas", informa nota da Prefeitura de Milagres
Família morta em tiroteio em Milagres seguia para Pernambuco para passar o Natal
"O fato é que estavam preparados para assaltar dois bancos e não conseguiram", diz Camilo
3º suspeito de ataque a banco em Milagres é preso em posto de gasolina
Confronto deixou 5 reféns da mesma família mortos