Zezinho Albuquerque declara apoio a Izolda: "tem direito a uma reeleição"

O deputado estadual fazia parte do PDT até o último mês de março

O deputado estadual Zezinho Albuquerque no plenário da Assembleia Legislativa do Ceará.
Legenda: Zezinho Albuquerque era dos quadros do PDT, partido da governadora Izolda Cela, mas migrou para o PP no último mês de março.
Foto: Máximo Moura/AL-CE

O deputado estadual Zezinho Albuquerque (PP), ex-secretário de Cidades, fez discurso na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), nesta quarta-feira (25), declarando apoio à pré-candidatura da governadora Izolda Cela (PDT) para disputar a reeleição no Estado. "A nossa governadora tem direito a uma reeleição, a passar mais quatro anos no Palácio", afirmou o ex-presidente da AL-CE.

Ele afirmou também que essa é a vontade do Partido Progressista (PP), liderado, no Ceará, pelo seu filho, o deputado federal AJ Albuquerque.

Zezinho, até o último mês de março, também fazia parte dos quadros do PDT. Ele, inclusive, ainda no ano passado, chegou a se lançar como pré-candidato ao Governo pelo partido, mas seu nome não foi escolhido para o pleito interno.

Questionado em que cenário desistiria de lançar candidatura própria ao Governo, Zezinho disse que "se (a candidata do PDT) for a governadora Izolda, puxei meu trem de pouso". Caso contrário, deve repensar.

"Comecei a ver como seria a gestão Izolda. Fui observando, andando no Interior e conversando. (...) Esse projeto tem que continuar. Tem correções a serem feitas? Tem, mas é bom que tenham correções, ninguém é perfeito", comentou o deputado.

Ainda de acordo com ele, não se pode "deixar de colocar no comando" do projeto de Governo alguém que conheça o Interior e que seja comprometido com a educação. "Não precisa dar murro em ninguém, gritar com ninguém para ser um bom governador", concluiu.

Mais apoios


A sessão desta quarta (25), na Assembleia, foi marcada por expressivos apoios da base aliada do Governo à pré-candidatura de Izolda Cela.

Além de Zezinho, que teve sua fala elogiada pela deputada Augusta Brito (PT), quem também se manifestou foi o deputado Acrísio Sena (PT), que já havia se colocado favorável à escolha do nome da governadora para disputar a reeleição. "Em pouco mais de dois meses, além de mostrar competência administrativa, tem mostrado força de trabalho. Recebeu os líderes partidários, juntou até os pré-candidatos do PDT, abraçou uma das principais causas do Ceará", citou o petista.

Júlio César Filho (PT) lembrou das crises atravessadas por Izolda ao lado do ex-governador Camilo Santana (PT) e disse que, por isso, ela estaria "mais do que testada e comprovada" para continuar no cargo.

Romeu Aldigueri (PDT) comentou ainda que a governadora tem sido elogiada por gestores municipais. "Prefeitos encantados, com a lucidez, a competência. (...) o Ceará esta muito bem. É uma mulher extremamente inteligente, preparada e que está a serviço do Ceará. O Governo está muito bem, continuará bem e ela tem, sim, direito à reeleição. Tem todas as condições de governar mais quatro anos", afirmou.

O deputado Salmito Filho (PDT) se somou aos colegas. "Ela é governadora, com direito à reeleição. Não paira nenhuma denúncia sobre a governadora, ela unifica todo esse arco vitorioso de 2006".