Quem são os suplentes de Kamila Cardoso ao Senado

Chapa integra três partidos: Podemos, Republicanos e PTB

Escrito por Wagner Mendes,

PontoPoder
Legenda: Kamila vai ser candidata ao Senado pela primeira vez
Foto: Thiago Gadelha

A coligação liderada pelo União Brasil para a disputa do Governo do Estado divulgou nessa sexta-feira (5) a chapa para o Senado. 

Quem vai encabeçar a candidatura é Kamila Cardoso (Avante), que já havia disputado a vice-prefeitura de Fortaleza na composição com Capitão Wagner, em 2020. 

A definição foi anunciada no último dia de prazo, após negociação com os partidos aliados. A vaga de titular do Senado também era reivindicada pelo PTB.

Além de Kamila como titular, a chapa é integrada por Gelson Ferraz (Republicanos), como primeiro suplente, e Pastor Paixão (PTB), com a segunda suplência.

A campanha ao Senado, embora seja para um mandato de legislativo, é majoritária. Ou seja, se elege quem tem mais votos.

Legenda: A chapa representa a força das igrejas na coligação
Foto: AL-CE/PTB

Papel dos suplentes 

Os suplentes substituem os titulares em caso de afastamento que pode ser por renúncia, morte, licença médica ou por motivos pessoais. 

Recentemente, Prisco Bezerra e Chiquinho Feitosa assumiram por quatro meses a função de senadores pelo Ceará nas vagas de Cid Gomes e Tasso Jereissati, respectivamente.

Senado 

Neste ano de 2022, haverá uma renovação parcial das cadeiras no Senado. Das 81 vagas, apenas 27 vagas serão disputadas. 

Os Estados possuem três senadores. Cada um se elege para o mandato de oito anos.

Assuntos Relacionados