Smartphones: mercado aquecido, apesar da crise

Escrito por Daniel Praciano, daniel.nobre@svm.com.br

Negócios

O mercado de smartphones não para. Ele sempre está aquecido apesar das últimas crises no Brasil. A entrada da Xiaomi oficialmente no País, através de uma parceria com a DL, bem como a chegada da Huawei no Sudeste do Brasil, animaram ainda mais o setor. Infelizmente para as duas empresas, os preços oriundos da necessidade de pagamentos de impostos faz ainda com que muitos consumidores procurem a importação ou até o mercado informal no Brasil para comprar os celulares das duas marcas. Isso deve ter uma boa redução visto que a Receita Federal apertou, recentemente, o cerco aos marketplaces que vendem tais aparelhos com preço bem mais baixo, mas sem, supostamente, pagar as taxas fundamentais para o funcionamento 100% legal das mesmas.

>>>2019 marca a entrada forte da Xiaomi no mercado nacional

Amazon no Nordeste

Nas últimas semanas fomos surpreendidos com a notícia do centro de distribuição da Amazon no Nordeste. Logo surgiu a dúvida se os estados da região haviam entrado em disputa para conseguir ser este local. Em conversa com a assessoria de imprensa da empresa, porém, ficou claro que não houve nada disso. A gigante mundial do comércio eletrônico analisou e encontrou em Pernambuco todas as condições necessárias para o sucesso do negócio não só para a região, mas para suas ambições de ampliar a liderança no Brasil.

Mestrado

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (PPGEM) da Universidade Federal do Ceará está com inscrições abertas, até o dia 17 de janeiro de 2020, para seleção de seu mestrado acadêmico. Conforme o Edital n° 01/2019, são ofertadas 15 vagas, divididas igualmente entre três linhas de pesquisa: energia solar, energia eólica e biomassa e biocombustíveis.

Computação em nuvem

Um mercado em expansão. Assim podemos definir o campo para Computação em Nuvem ou Cloud Computing. E pensando nisso, a Universidade de Fortaleza terá, no primeiro semestre de 2020, a graduação em 2 anos e 6 meses para esta área. Mais detalhes de como participar deste curso superior através do link.

Cuidado no WhatsApp

Uma pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, em Brasília, revelou que 79% dos entrevistados afirmaram receber notícias via WhatsApp. Daí entendemos o motivo de tantos ataques e golpes se iniciarem por este aplicativo. Logicamente que não é culpa do app, mas sim de quem o utiliza e acredita 100% em tudo que está ali. No nosso "Na Rede Podcast" trazemos mais informações de como evitar cair em golpes e fazer um uso mais consciente da ferramenta. Clique aqui.

Na Rede Podcast

Por falar no Podcast, temos muito mais dicas para você e fechamos esta primeira temporada falando sobre o que foi esse 2019 em termos de tecnologia e o que mais esperamos para 2020. Venha se juntar a nós! Escute, compartilhe e comente em nossos podcasts. Te espero lá!

Novos smartphones:

A chegada de novos produtos ao Brasil animou os brasileiros. Isso é positivo. Porém, os preços decepcionaram. Muitos consumidores seguiram investindo em importados, mesmo com o risco do extravio ou da taxação - além da falta de suporte. É uma pena que os chineses chegaram e não agradaram

Infelizmente, o 5G

Não deve começar a funcionar no Brasil no ano que vem. Salvo algum milagre, com o atraso do edital e, possivelmente, do leilão, as primeiras cidades a receberem a tecnologia só devem usufruir dela em 2021. Até lá, teremos que ter acesso também a smartphones compatíveis com esta nova tecnologia.

Assuntos Relacionados