Pesquisa mostra que 83% dos brasileiros irão comemorar a Páscoa

Dessas, 48% vão comemorar apenas com pessoas que moram na mesma residência

Foto: Foto: Agência Brasil

Uma pesquisa realizada pela Boa Vista mostra que a tendência para esta Páscoa é de que os brasileiros comemorem a data, porém respeitando medidas de isolamento social, recomendadas para evitar o avanço da pandemia de coronavírus no País. Segundo o instituto, 83% das cerca de 300 pessoas entrevistadas responderam que vão comemorar a Páscoa em meio à quarentena.

> Governo Federal libera saque de R$ 1.045 do FGTS por trabalhador a partir de 15 de junho

> Auxílio emergencial: Situação cadastral do CPF pode ser verificada pela internet

> Caixa lança site de cadastro para recebimento do Auxílio Emergencial

> População mais vulnerável não poderá sacar imediatamente auxílio de R$ 600

> Calendário de saques, inscrições e condições: veja o que já se sabe sobre o auxílio emergencial

> INSS libera envio de atestado de auxílio-doença e antecipa pagamento de R$ 1.045

Dessas, 48% vão comemorar apenas com pessoas que moram na mesma residência, enquanto 35% o farão com familiares à distância, por meio de telefone ou chamada de vídeo. Outros 17% responderam que cancelaram viagens programadas e irão ficar em casa.

A pesquisa foi realizada pela Boa Vista como complemento ao levantamento anual que mede os hábitos de consumo durante o período de Páscoa.

Segundo o instituto, o grau de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Na pesquisa anual, realizada antes da pandemia chegar ao Brasil, a Boa Vista havia constatado que, para 67% dos cerca de 1.000 entrevistados, a Páscoa gera gastos extras, principalmente com despesas de supermercado (46%), compra de chocolates (38%), e gastos com lazer e viagens (16%).

O instituto também levantou que 48% das pessoas manteriam, para esta Páscoa, o padrão de gastos do ano anterior, enquanto 27% gastariam mais e 25% gastariam menos que em 2019.