Pague Menos inicia período de reserva de ações

IPO está previsto para o dia 2 de setembro

Legenda: Segundo "aviso ao mercado" divulgado pela companhia no dia 27 de julho, estima-se que o preço por ação ordinária de emissão da Companhia estará situado entre R$10,22 e R$ 12,54
Foto: Divulgação

Começou nesta quarta-feira (12) o período de reserva da oferta pública de distribuição primária de ações ordinárias da Pague Menos, que segue até o dia 27 de agosto. A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da empresa na bolsa está prevista para o dia 2 de setembro, com o código "PGMN3", seguindo o cronograma da companhia.

O anúncio da data do IPO, no entanto, deverá ser confirmado no dia 1º de setembro, com prazo de seis meses para distribuição das ações.

A Companhia, voluntariamente, solicitou à B3 adesão ao segmento de listagem do Novo Mercado, segmento especial de negociação de valores mobiliários da B3 que estabelece regras diferenciadas de governança corporativa e de divulgação de informações ao mercado mais rigorosas do que aquelas estabelecidas na “Lei das Sociedades por Ações”.

De acordo com o disposto no Regulamento do Novo Mercado, o percentual mínimo de ações em circulação que deve ser mantido pelas sociedades que aderirem ao Novo Mercado é de 25% do total do capital social de tais sociedades, de modo que, após a realização da Oferta, a Companhia deverá manter ações representativas de, no mínimo, 25% do seu capital social em circulação.

Segundo "aviso ao mercado" divulgado pela companhia no dia 27 de julho, estima-se que o preço por ação ordinária de emissão da Companhia estará situado entre R$10,22 e R$ 12,54 (“Faixa Indicativa”), ressalvado, no entanto, que o preço por ação ordinária de emissão da Companhia poderá ser fixado acima ou abaixo da Faixa Indicativa.

A Pague Menos iniciou suas atividades em 1981 em Fortaleza, no Ceará, e hoje tem 1.112 lojas em todos os estados brasileiros. O público alvo da varejista farmacêutica possui uma faixa etária média de 58 anos e pertence às classes B, C e D.

A oferta é primária, quando são emitidas novas ações que serão ofertadas ao mercado. Com o dinheiro captado, a Pague Menos pretende abrir novas lojas, reduzir a dívida e normalizar o capital de giro.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?