Dólar cai 0,94% ante real e fecha a R$ 3,25 na última sessão do ano

Em 2016, o dólar acumula baixa expressiva de 17,69% ante o real, maior queda desde a retração de 25,3% em 2009

Escrito por Redação Diário do Nordeste,

Negócios

Na última sessão de 2016, o dólar fechou esta quinta-feira (29) em queda de 0,94% ante o real, a R$ 3,2497 na venda. Com o resultado de hoje, a moeda norte-americana encerra o mês com queda de 4,06%, maior recuo percentual desde junto, quando o dólar caiu 11,05%.

Assim, no ano de 2016, o dólar teve baixa expressiva de 17,69% ante o real, maior queda desde a retração de 25,3% em 2009. Este é também o primeiro resultado negativo anual desde 2010, quando o dólar havia perdido 4,42%.

A moeda dos EUA marcou R$ 3,241 na mínima desta sessão e R$ 3,27 na máxima. O dólar futuro retraía cerca de 0,80% nesta tarde.

O ano no mercado cambial foi marcado por intervenções do Banco Central, por meio de swaps cambiais e swaps cambiais reversos. Além disso, também houve influência do cenário político nacional e internacional na cotação.

No dia 9 de novembro, com a eleição do republicano Donald Trump sobre a democrata Hillary Clinton na disputa pela presidência dos Estados Unidos, o dólar reagiu fechando em alta. Os desdobramentos da Operação Lava Jato também tiveram impacto no câmbio ao longo de 2016.


Mario Mesquita

Comércio exterior do Nordeste

Mario Mesquita
26 de Maio de 2022