Aeroporto de Fortaleza registra em março pior fluxo de passageiros em 6 meses

Queda acumulada no trimestre é de 50%, segundo dados da Anac

aeroporto
Legenda: Setor aéreo continua sofrendo perdas por conta da pandemia
Foto: Helene Santos

O movimento de passageiros no Aeroporto de Fortaleza caiu 58% no mês de março, em comparação ao mesmo período do ano passado. No mês passado, 149,5 mil viajantes passaram pelo aeroporto.

Este foi o menor fluxo desde agosto de 2020, quando o terminal registrou queda de 74,7% e teve 150 mil passageiros. No comparativo com fevereiro deste ano, quando houve o registro de 251 mil viajantes, o recuo foi de 54%.

No primeiro trimestre deste ano, o movimento sofreu retração acumulada de quase 50% se comparado a igual período de 2020. Os dados são da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

O mês de março marcou o retorno do decreto de isolamento social rígido no Ceará, começando pela Capital, no dia 5, e se estendendo para todo o Estado a partir do dia 13, por determinação do Governo Estadual. 

817 mil
pessoas utilizaram o terminal fortalezense para embarque ou desembarque de janeiro a março deste ano, segundo a Anac. Número 49% menor do que no ano anterior.  

A queda na movimentação era esperada diante do acirramento dos problemas da pandemia, maior entrave para recuperação econômica e do tráfego aéreo, segundo o economista Alessandro Oliveira. Para ele, a compensação pode vir no segundo semestre.

"Era de se esperar que março tivesse esse problema, que ainda vai continuar por algum tempo na medida em que a vacinação vai progredindo, alguns Estados vão avançando mais rápido e as pessoas recebendo a segunda dose, imagina-se que o receio do consumidor vá caindo com relação às viagens turísticas e as mais rotineiras, a negócios", prevê.

Quedas sucessivas

Conforme as informações da Anac, janeiro foi o mês de maior movimento, com 416,6 mil passageiros. No entanto, o primeiro mês do ano teve queda de 40% em relação ao mesmo mês de 2020. 

Em fevereiro, com o cancelamento do Carnaval e um novo crescimento dos casos de Covid-19 no Estado, a circulação no Aeroporto de Fortaleza caiu quase pela metade em relação a janeiro, chegando a 251 mil passageiros. O resultado foi 54,4% menor do que o ocorrido em fevereiro de 2020. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios