Ex-diretor do Hospital César Cals assume Funsaúde

Médico intensivista Manoel Pedro Guedes Guimarães foi nomeado na última sexta (5)

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: A Funsaúde foi instituída no ano passado, mas ainda não atende hospitais
Foto: Helene Santos

O médico intensivista Manoel Pedro Guedes Guimarães é o novo diretor-presidente da Fundação Regional de Saúde do Ceará (Funsaúde). A nomeação foi feita pelo governador Camilo Santana (PT) na última sexta-feira (5).

Médico intensivista Manoel Pedro Guedes Guimarães, diretor-presidente da Funsaúde
Legenda: Médico também é professor universitário
Foto: divulgação/Governo do Estado

Além do profissional, o médico André Luis Coutinho de Araújo Macêdo foi nomeado para assumir a diretoria de Atenção à Saúde da fundação. A entidade é vinculada à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), integrando a administração indireta.

Conforme o novo diretor-presidente, a Funsaúde tem a intenção de modernizar a gestão da rede hospitalar do Estado, visando a oferecer mais agilidade e melhoria na assistência à população.

“A filosofia, o escopo e a senda principal da Funsaúde são inabaláveis, continuam totalmente inalterados. As mudanças que houve, e de conhecimento da sociedade, foram administrativas, principalmente para alinhar processos e planejamento estratégico à Sesa. Permitindo, com isso, que a Funsaúde siga em consonância com as políticas públicas de saúde do Estado”, afirmou.

O titular da Sesa, Marcos Gadelha, reforçou a importância da Funsaúde na ampliação da qualificação do atendimento em saúde no Estado. "A pandemia da Covid-19 mostrou a necessidade de um serviço estruturado para que o cidadão cearense consiga ser atendido como merece", disse, ressaltando a valorização do trabalhador como um "diferencial".

O que a Funsaúde faz

Instituída em setembro de 2020, a Funsaúde deve fazer prestação de serviços de saúde à população nos termos e condições em que for contratada pelo poder público. A pactuação dos serviços ocorrerá de forma gradual e contratualizada, seguindo metas, prazos, critérios, direitos e obrigações estabelecidos.

A Funsaúde realizou, nos dias 23 e 24 de outubro deste ano, concurso público para entrada de 6 mil novos servidores. As vagas contemplam cargos de assistência à saúde e administrativos, em níveis médio e superior. 

O certame teve participação de 115.869 candidatos nos dois dias de prova, realizada em Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Eusébio e Maranguape. A  Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou gabarito preliminar do certame, cujo resultado final deve sair em 13 de janeiro de 2022.

Quem são os novos nomeados

O diretor-presidente Manoel Pedro Guedes Guimarães é formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em 1998, fez residência em Clínica Médica no Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) e é especialista em Terapia Intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib). Ele atua como médico intensivista do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), da UFC, foi preceptor de Clínica Médica no HGCC, de Clínica Médica na Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza e é professor no Centro Universitário Christus. Além disso, o profissional ocupou a Direção Técnica do HGCC.

Já o diretor de Atenção à Saúde André Luis Coutinho de Araújo Macêdo se formou em 2003 pela UFC e é preceptor da residência de clínica médica do Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), onde atua também como chefe e staff da Unidade de Terapia Intensiva, além de preceptor do internato e da residência de clínica médica da Santa Casa de Misericórdia. Ele também é professor do Centro Universitário Christus.