Ônibus com candidatos do concurso da Funsaúde tomba em Tianguá e deixa mortos e feridos

Passageiros fretaram ônibus do Maranhão com destino a Fortaleza onde fariam a prova da seleção

acidente em Tianguá com concurseiros
Legenda: Acidente ocorreu no KM 301 da BR-222
Foto: Divulgação/PRF

Pelo menos duas pessoas morreram e 46 ficaram feridas após o tombamento de um ônibus no KM 301 da BR-222, em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, na madrugada desta sexta-feira (22), segundo informações das secretarias de Segurança Pública do Ceará (SSPDS) e de Saúde do Município. O grupo viajava em ônibus fretado para realizar concurso, neste fim de semana, em Fortaleza.

As vítimas morreram no local do acidente. Elas foram identificadas como Haylla Sousa Campos e Carla Tainara Cunha Pereira.

No início desta manhã, informações preliminares e oficiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontavam quatro óbitos e 34 pessoas feridas. No entanto, o número de mortes não foi confirmado pelo secretário da Saúde de Tianguá, Rejarley de Lima.

O secretário informou que 46 passageiros ficaram feridos, além dos dois óbitos registrados oficialmente. Desse total, oito foram atendidos pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local e liberados em seguida.

Os outros 38 pacientes deram entrada no Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá.

A reportagem procurou a Perícia Forense do Estado (Pefoce) para saber quantos corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML). O órgão manteve a informação de dois óbitos.

Questionada após o posicionamento da Pefoce, a PRF informou que realiza buscas e que "ainda não tem a identificação das outras duas prováveis vítimas". "As vítimas que faleceram no local do acidente eram duas mulheres, de 20 e 30 anos, de Caxias e Barra do Corda (MA), respectivamente", disse a PRF.

No começo da noite, o secretário de Tianguá informou que oito pacientes estavam internados na Santa Casa de Sobral e dois pacientes seguiam internados em Tianguá.

Ônibus já tinha sido autuado

O veículo do acidente já havia sido autuado no último mês de setembro, em Sobral, no Norte do Ceará, por "trafegar em mau estado de conservação" e precisou ser escoltado para conserto, de acordo com a PRF. 

Segundo informações do órgão, as vítimas saíram do Maranhão com destino a Fortaleza, onde fariam o concurso público da Fundação Regional de Saúde (Funsaúde) neste fim de semana. 

Os primeiros atendimentos às vítimas foram feitos por profissionais de saúde que estavam em outro ônibus e passavam pelo trecho do acidente. 

VEJA VÍDEO

Relatórios preliminares da PRF indicaram que o motorista do ônibus teria fugido do local. No entanto, o órgão enviou novo comunicado para corrigir a informação. 

"Ele pode estar entre as vítimas que foram socorridas e levadas ao hospital, não tendo fugido, mas retirado-se do local sem o conhecimento da PRF", disse em nota. 

ônibus tombado em Tianguá com candidatos do concurso da Funsaúde
Legenda: Ônibus são do Maranhão com destino a Fortaleza
Foto: Divulgação/PRF

ônibus tombado em Tianguá
Legenda: PRF informou que o motorista do ônibus fugiu
Foto: Divulgação/PRF

Sobreviventes

Segundo a psicóloga Tatiele Cristine Silva Lobão, uma das passageiras, o ônibus saiu do Maranhão por volta de 15h dessa quinta-feira (21). Com ferimentos no braço e no pé, ela relatou que não lembra exatamente como o acidente ocorreu.

"Eu não lembro de muita coisa. Era de madrugada e estava todo mundo dormindo. A gente só viu quando o ônibus começou a balançar e caiu". 

A fisioterapeuta Paula Samanta Moreira de Matos, detalhou que sentiu "cheiro de queimado" antes do tombamento do veículo. 

"Eu estava dormindo e acordei sentindo cheiro de queimado. Quando falei que estava fedendo a queimado, automaticamente o ônibus já virou. O nosso medo era de cair dentro da serra, eu estava desesperada", conta a profissional que tem escoriações no braço e no pé. 

Ainda conforme Paula, havia candidatos dos municípios de Barra do Corda, Presidente Dutra e Caxias, no Maranhão, estado de origem do ônibus, além de Teresina, no Piauí. 

'Profundo pesar'

Via redes sociais, o governador Camilo Santana lamentou o acidente e prestou solidariedade aos concurseiros. O chefe do Executivo estadual ressaltou que está "prestando todo o atendimento necessário às vítimas. Meus sentimentos de profundo pesar", concluiu. 

Camilo Santana comenta acidente em Tianguá
Legenda: Governador prestou solidariedade às vítimas do acidente em Tianguá
Foto: Reprodução/Instagram

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que "irmana-se à dor dos familiares e amigos dos mortos e feridos no acidente". "Nossos mais profundos sentimentos", comunicou.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará