Cachorro Jack Russell Terrier: entenda tudo sobre a raça

O Jack Russell Terrier é constantemente confundida com o Fox Paulistinha e com o Parson Russell Terrier

foto da raça Jack Russell Terrier
Legenda: A raça Jack Russell Terrier tem origem na Inglaterra, são inteligentes e astutos e foram criados para caçar raposas
Foto: Shutterstock

Dono de um temperamento teimoso, um exímio caçador e extremamente leal aos seus donos, os cães da raça Jack Russell Terrier são muito inteligentes, astutos e sabem o que querem. Sua origem vem da Inglaterra no século 19, quando John Russell buscava um animal imbatível para caçar raposas

De pelo curto e porte pequeno, o Jack Russell é um explorador nato. Por ser um cão energético é pouco obediente, sendo necessário gastar a energia do cachorro com muitas atividades e/ou adestramento. A raça é constantemente confundida com o Terrier Brasileiro, mais conhecido como Fox Paulistinha, ou com o Parson Russell Terrier, devido a suas semelhanças físicas. 

Origem da raça

O nome Terrier vem de grupos de cães de caça, de pequeno a médio porte, encontrados no continente europeu, especificamente na Inglaterra e a origem do Jack Russell Terrier é um exemplo disso. Em 1819, o jovem John Russell se apaixonou por um Terrier Bitch, que chamou de Trump. Por amar caçar raposas, Russell percebeu que Trump poderia ajudá-lo em suas caçadas. Foi então que o estudante de Oxford decidiu criar Trump para ser um terrier comprido, compacto e ágil o suficiente para entrar em uma toca de raposa e retirar a caça viva.

A credita-se que raças como Fox Terriers, Beagles e o já extinto Old White English Terrier foram as principais raças para a criação do Jack Russell. 

foto do cachorro da raça Jack Russell Terrier
Legenda: O Jack Russell é um explorador nato e energético que precisa fazer muita atividade e/ou adestramento
Foto: Shutterstock
 

Como é a personalidade de um Jack Russell Terrier?

De acordo com a veterinária Nayara Magalhães*, a raça é muito energético e inteligente, mas pouco obediente, para criar um cãozinho dessa espécie é preciso paciência e espaço, eles precisam de muita atenção e exercícios, atividades externas, disciplina e de limites. O Jack Russell Terrier é também um cachorro independente e corajoso. 

Como a raça foi criada para caça, o ideal é socializar eles com cuidado e desde filhotes para que a convivência com o cachorro seja possível, pois o Jack Russell pode ver animais pequenos, como gatos, coelhos e outros bichinhos menores, como presas. É preciso também ficar atento as interatividades dele com outros cães, já que para o Jack Russell tamanho não é documento.

Como educar um cachorro dessa raça? 

Quando se trata das raças mais teimosas, o Jack Russell Terrier está entre o top 10 no ranking, por isso o adestramento é essencial para controlar o comportamento dominante e teimoso. É necessário muita paciência e insistência para adquirir bons resultados com o treinamento, e por isso a espécie precisa de treinamento com técnicas de reforço positivo para aprender a identificar os tutores como líderes que devem ser obedecidos e seguidos. Como são inteligentes e curiosos, toda sua agitação e curiosidade faz com que ele tenha dificuldade em focar nos comandos. 

 

Qual o tamanho e peso?

Segundo Nayara Magalhães, apesar de ser um cachorro de pequeno porte, o Jack Russell tem um corpo musculoso e compacto, medindo de 25cm a 30cm na altura e pode chegar a pesar de 6kg a 8kg. 

Expectativa de vida

Como a maioria dos cachorros de pequeno porte, a expectativa de vida da raça gira em torno de 10 a 15 anos, mas "tudo vai depender da alimentação e cuidados com o animal", diz a veterinária, assim como as atividades físicas regulares que são essenciais para o prologamento da vida. 

Quanto custa um Jack Russell Terrier?

O preço do animal pode variar entre R$ 3.000 e R$ 9.500.

Pelagem

Seu pelo é curto, com a cor branca sendo a predominante e tendo manchas pretas, ou castanhas ou uma mistura das duas por todo o corpo, cabeça e calda. No Brasil não é tão comum, mas existe uma variação na pelagem da raça com 3 variedades: lisa, quebrada ou áspero.

foto do filhote da raça Jack Russell Terrier
Legenda: Filhotes da raça Jack Russell Terrier
Foto: Shutterstock

Problemas de saúde

O Jack Russell pode sofrer de luxação de patela, que é um problema no ligamento e muito comum em animais de pernas curtas, e outras doenças ortopédicas como a necrose asséptica da cabeça femoral. Outros problemas comuns na raça são alterações oftalmológicos, neurológicas, pneumonias e a surdez congênita.

Segundo Nayara, é bom também dar atenção também a dermatites, eczemas e outros problemas de pele, provocados por fungos ou bactérias na pele do animal. 

Cuidados

Uma das vantagens de ter o pelo liso e curto é que os donos não vão precisar gastar muito tempo escovando a pelagem do cãozinho, 1 vez por semana já é o suficiente para retirar o pelo morto. Eles podem ir para o banho a cada 15 dias ou quando estiverem sujos, Nayara lembra que assim como todos os cachorros, é preciso dar atenção às orelhas e aos dentes, para evitar excesso de cera nos ouvidos e tártaros nos dentes. 

Curiosidades

  • No filme O Máskara, de 1994, estrelado por Jim Carrey e Cameron Diaz, seu fiel companheiro Milo é um cãozinho da raça Jack Russell Terrier. 
  • Especialistas dizem que os saltos do Jack Russell podem superar em até 5 vezes o seu tamanho, que geralmente não ultrapassa os 30 cm. 
  • Jack Russell também está nos filmes O Artista, vencedor do Oscar em 2012, “Sr. Cupido” e “Água para Elefantes”. 
  • Muitas celebridades americanas já possuiram ou possuem um Jack Russell Terrie. Entre elas estão  Mariah Carey, Bette Midler, Paul McCartney, Goldie Hawn, Lindsey Lohan e o mergulhador olímpico Greg Louganis. 

 

*Nayara Magalhães, é médica veterinária clínica, graduada pela Faculdade de Veterinária - Favet; da Universidade Estadual do Ceará. CRMV 3371. 


Assuntos Relacionados