Prazo para pagar taxa de inscrição no Enem 2021 se encerra nesta segunda-feira (19)

Caso os interessados não efetuem o pagamento, não será possível concluir a inscrição na prova

Homepage Enem versão mobile
Legenda: O número parcial de inscritos no exame é o menor desde 2007 e 34% menor do que o obtido em 2020
Foto: Agência Brasil

O período para pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 se encerra nesta segunda-feira (19). Os estudantes que se candidataram à prova, e não possuem direito à isenção da taxa, devem pagar o valor de R$ 85.  

Caso os interessados não efetuem o pagamento, não será possível concluir a inscrição no exame.   

Como pagar a taxa de inscrição  

  • O primeiro passo é emitir o boleto para pagamento. O estudante não isento deve acessar a Página do Participante;  
  • No site, é necessário clicar na opção Página do participante - entrar com gov.br". Depois, o candidato deve acessar sua conta com o número do CPF e clicar em "avançar";  
  • Em seguida, será aberta outra página, onde no menu do canto esquerdo, o participante deve selecionar a opção "Pagamento/isenção"; 
  • Aparecerá uma caixa de diálogo com a opção em azul: "Baixe seu boleto";  
  • Após baixar, basta o estudante efetuar o pagamento do boleto até o fim desta segunda-feira.  

Redução do número de candidatos  

O número parcial de inscritos no Enem 2021 é o menor desde 2007 e 34% menor do que o obtido em 2020. O dado foi divulgado na semana passada, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame.  

No entanto, o número pode ser ainda menor, visto que a confirmação de inscritos é feita, somente, após o pagamento do boleto de inscrição, no valor de R$85, cujo vencimento é 19 de julho de 2021.  

Ao todo, o sistema do Enem recebeu 4.004.764 inscrições. Esse número corresponde às duas versões do exame (impressa e digital). As inscrições começaram no dia 30 de junho e se estenderam até o último dia 14.   

No Ceará, o número de candidatos reduziu 25,2% em relação à última edição do exame, em 2020. A baixa, conforme especialistas consultados pelo Diário do Nordeste, pode ter acontecido em razão dos prejuízos à aprendizagem provocados pelas aulas remotas, da quebra de vínculo dos estudantes com as escolas e da decisão do Governo Federal de não bancar a isenção de quem faltou à edição de 2020.   

“Os estudantes que fazem o exame são, em sua maioria, das classes C, D e E, que vêm de escola pública. Ano passado, muitos deixaram de fazer a prova por receio da pandemia, da situação sanitária. E essa decisão do MEC [Ministério da Educação] de não dar isenção deve ter excluído muita gente que não consegue realizar a avaliação sem a isenção”
Lucas Hoogerbrugger
líder de Relações Governamentais do movimento Todos pela Educação

O Governo do Ceará sancionou lei que assegura a isenção a estudantes e egressos da rede pública estadual que, devido à pandemia, não prestaram o Enem em 2020 e tiveram seus pedidos negados pela gestão federal.   

CRONOGRAMA  

  • Inscrições: encerradas  
  • Pagamento da inscrição: até 19/7  
  • Pedido de atendimento especializado: 30/6 até 14/7  
  • Pedido de tratamento pelo nome social: 19/7 até 23/7  
  • Provas: 21/11 e 28/11    

DISCIPLINAS E HORÁRIOS  

Assim como nos anos anteriores, o Enem será aplicado em dois domingos.   

21 DE NOVEMBRO   

  • 45 questões de linguagens;  
  • 45 questões de Ciências Humanas;  
  • Redação.  

28 DE NOVEMBRO   

  • 45 questões de Matemática;  
  • 45 questões de Ciências da Natureza.  

Observação: no último dia, a prova tem meia hora a menos.    

HORÁRIOS DE APLICAÇÃO (SEGUINDO O FUSO DE BRASÍLIA):  

  • Abertura dos portões: 12h  
  • Fechamento dos portões: 13h  
  • Início das provas: 13h30  
  • Fim das provas no 1º dia: 19h  
  • Fim das provas no 2º dia: 18h30   
Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab