Novo curso de Medicina da Urca terá vestibular já no próximo semestre, em Crato, no Cariri

O curso foi aprovado nesta semana. Ingresso será por processo seletivo simplificado

Fachada da Urca
Legenda: CEE autorizou funcionamento de curso de Medicina na URCA
Foto: Divulgação / Urca

Após aval do Conselho Estadual de Educação (CEE), a Universidade Regional do Cariri (Urca) terá  bacharelado em Medicina, em Crato, no Cariri cearense. O vestibular da instituição está previsto para ocorrer entre setembro e outubro deste ano. Ao todo, serão 60 vagas por ano (30 por semestre).

A formação será presencial, funcionando em tempo integral, com carga horária de 7.860 horas. A criação do Curso de Medicina da Universidade Regional do Cariri (MedURCA) é discutida há alguns anos, mas foi aprovada somente nesta quarta-feira (14) pelo CEE. 

O curso começará como foco na atenção básica de saúde, com a construção de um centro médico de atendimento à população, em terreno ao lado do Seminário São José.

A formação surge com a criação do Hospital Universitário, anunciado recentemente, com a compra, através do Governo do Estado, do Hospital São Camilo (antigo Hospital São Francisco), com o conjunto de edificações ao lado, onde funcionou o Colégio Ana Couto e a Casa de Caridade do Crato, onde será sediada a estrutura de funcionamento do MedURCA.  

O reitor da Urca, Francisco do O’ de Lima Júnior, comemorou a decisão. “É uma grande alegria ver o resultado positivo de todo o processo realizado com parcerias, tendo a participação de professores da própria Urca", disse.

"Além de contribuições importantes, a exemplo das universidades Federal do Cariri (UFCA), Estadual do Ceará (Uece), da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), no Ceará, tendo à frente o Dr. Carlile Lavor, entre outras instituições”, completou.

O MedURCA já havia sido aprovado pelo Conselho Superior Universitário (Consuni), em fevereiro deste ano, por unanimidade. A liberação também aconteceu junto ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade.

Aprovação da instalação e funcionamento do curso

Print da live dos conselheiros
Legenda: A aprovação do parecer favorável ao novo curso ocorreu em reunião plenária extraordinária do CEE

O parecer favorável ao novo curso ocorreu em reunião plenária extraordinária do CEE, por meio de videoconferência, realizada na manhã desta quarta. De acordo com o Conselho, os membros levaram em conta relatório elaborado por uma comissão de avaliação de cursos designada pela direção do órgão. 

A equipe avaliadora realizou visita aos espaços físicos da estrutura da universidade, que servirão para aulas e práticas de laboratório.

Os conselheiros observaram, ainda, a necessidade de intensificar a formação na área da saúde na Região do Cariri, convergindo com os esforços de atuação da universidade e do Governo do Estado.

Eles apontaram que a chegada do novo curso pode auxiliar para reduzir as desigualdades no que tange à saúde e expandir a oferta de profissionais de excelência, com ênfase na perspectiva do trabalho em equipe no campo da atenção primária à saúde.

A presidente do CEE, professora Ada Pimentel, destacou que a iniciativa da Urca, idealizada pelo governador Camilo Santana (PT) e chancelada pelo Conselho em parecer, deverá impactar, no futuro breve, os indicadores de saúde no Cariri, incluindo a qualificação dos processos de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) em níveis local e regional.

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab