Enem 2020: estudantes com Covid têm até 29 de janeiro para enviar laudo

Para os candidatos acometidos pelo vírus, provas serão feitas nos dias 23 e 24 de fevereiro

Legenda: Segundo Inep, mais de 8 mil candidatos já tiveram a solicitação aceita
Foto: Adobe Stock / Educa Mais Brasil

O primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 foi realizado no último domingo e para os candidatos que apresentaram sintomas de Covid-19 ou outra doença infectocontagiosa foi orientado que não fossem aos locais de prova. Esses estudantes devem solicitar a participação na reaplicação das provas, marcadas para os dias 23 e 24 de fevereiro.

Em coletiva para apresentação de balanço do primeiro do exame, o Inep informou que 10.171 pessoas pediram a reaplicação por esse motivo. Desses, mais de 8 mil já tiveram o pedido aceito.

Ainda segundo o Inep, os primeiros pedidos e comprovantes da condição foram recebidos entre 11 e 16 de janeiro. Ontem (17), às 12h, no horário de Brasília, o sistema foi fechado para que os pedidos fossem avaliados e os participantes recebessem a resposta antes da aplicação. O sistema voltará a ser aberto a partir do dia 25 de janeiro e segue até o dia 29, na Página do Participante, para o recebimento de novas solicitações.

Além da Covid-19, podem solicitar a reaplicação participantes com coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela. 

Segundo o Inep, para a análise da possibilidade de reaplicação, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a doença. Na documentação devem constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento deve ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB. 

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab