Instituto Butantan confirma produção de novas 8,6 milhões de doses da CoronaVac

Além das doses, previsão é que novos insumos cheguem ao Brasil na próxima quarta (10)

Legenda: Os 5,4 mil litros de insumos para produção das novas doses chegaram na última quarta (3)
Foto: divulgação/Butantan

O Instituto Butantan anunciou neste sábado (6) que começou a produção de mais 8,6 milhões de doses da vacina CoronaVac, utilizada para imunização contra a Covid-19. A novidade é possível por conta da chegada de insumos vindos da China a São Paulo, que aterrissaram em solo brasileiro na última quarta (3).

Agora, o total de 5,4 mil litros da matéria-prima IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) passarão por envase, rotulagem, embalagem e processo de inspeção para controle da qualidade das ampolas. Com isso, as novas doses podem ser liberadas a partir de 23 de fevereiro.

Ainda de acordo com o Butantan, mais 5,6 mil litros de IFA da parceira chinesa Sinovac devem chegar ao Brasil na próxima quarta (10). Ao todo, novas 8,7 milhões de doses devem ser produzidas com o novo material.

O Instituto lançou comunicado neste sábado para falar sobre as novas etapas

"Até 31 de janeiro, conforme cronograma estabelecido com o contrato com o Ministério da Saúde, foram entregues 8,7 milhões de vacinas do Butantan para imunização dos brasileiros, das quais 6 milhões foram enviadas em 17/1, 900 mil em 22/1 e 1,8 milhão em 29/1. Nesta sexta-feira, dia 5/2, foram liberadas mais 1,8 milhões de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério, totalizando 9,8 milhões já entregues pelo Governo de São Paulo ao país", confirmaram em nota.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil