Homem mata esposa e filha e diz que cometeu crime por ordem divina

Ele ainda conviveu por cerca de 4 meses com os corpos da vítima em casa

Casa onde mulher e filha foram encontradas mortas, na cidade paraguaia Pedro Juan Caballero
Legenda: Homem matou esposa e filha alegando ter recebido ordem divina. Caso aconteceu na cidade paraguaia Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul
Foto: Polícia Nacional Paraguai/Divulgação

Um homem de 57 anos matou a esposa de 48 anos e a filha de 20 na cidade paraguaia Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. Ele confessou o crime, foi preso e disse que o fez por ter recebido uma "ordem divina". As informações são do G1.

O caso veio à tona após um vizinho sentir um mau cheiro vindo do local e acionar o Corpo de Bombeiros, segundo disse a Polícia Nacional do Paraguai. Os corpos das vítimas foram encontrados em estado avançado de decomposição na tarde da terça-feira (2).

Os corpos de mãe e filha estavam deitados em camas separadas, sem os órgãos, mas não apresentavam marcas de violência. Elas teriam sido mortas há cerca de 4 meses, conforme análise do médico legista Cesar González Haiter. A forma como elas foram assassinadas ainda será investigada. 

Segundo o Ministério Público paraguaio, o homem morava com outros três filhos homens, um jovem de 22 anos e dois adolescentes. A investigação também tenta apurar se os jovens participaram do crime. Segundo a polícia, eles não denunciaram o pai nem comunicaram que os corpos continuavam na residência. Além disso, continuaram vivendo normalmente no imóvel. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados