Com chegada de insumos, Fiocruz estima entrega de 12 milhões de doses da AstraZeneca

Ao todo, 18 milhões de unidades do imunizante devem ser entregues até meados de junho

Vacina AstraZeneca
Legenda: O governo chinês já autorizou o embarque dos lotes, segundo disse o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz
Foto: Lennart Preiss/AFP

Novos lotes do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) que chegarão da China nos dias 22 e 29 deste mês serão suficientes para a entrega de 12 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 Oxford/AstraZeneca, disse nesta segunda-feira (17) a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A entidade estima, ainda, que será possível entregar mais 18 milhões de unidades do imunizante até meados de junho.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, afirmou em Comissão Mista do Senado, nesta segunda-feira, que o governo chinês já teria autorizado o embarque dos lotes.

Em visita às instalações da Fiocruz no período da manhã, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, destacou a estrutura capacitada para produzir vacinas com tecnologia totalmente nacional, prevista para acontecer ainda neste mês. "É a esperança para a população e para pôr fim à pandemia", declarou.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil