Rússia quer cortar fornecimento de energia de Zaporizhzhia para a Ucrânia

Central nuclear está localizada na cidade ucraniana de Energodar e foi tomada pelos russos

O vice-primeiro-ministro da Rússia, Marat Jusnulin, declarou que o país pretende cortar o fornecimento de energia elétrica da central nuclear de Zaporizhzhia à Ucrânia. A usina, a maior da Europa, está localizada na cidade ucraniana de Energodar e foi invadida no início de março. Antes da invasão da Rússia, a central nuclear era responsável por 20% da produção anual ucraniana de energia elétrica. A declaração sugere que o governo russo prepara uma ocupação duradoura ou até mesmo anexação de áreas do sul ucraniano.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo