Papa Francisco aparece em cadeira de rodas por dor no joelho

Pontífice cancelou várias reuniões programadas

‎O Papa Francisco chegou em cadeira de rodas durante a audiência à Assembleia Plenária da União Internacional dos Superiores Gerais
Legenda: ‎O Papa Francisco chegou em cadeira de rodas durante a audiência à Assembleia Plenária da União Internacional dos Superiores Gerais
Foto: Alberto Pizzoli / AFP

O papa Francisco, que sofre dores intensas no joelho, apareceu nesta quinta-feira (5) em público pela primeira vez usando cadeira de rodas, na sala Paulo VI do Vaticano. O pontífice, de 85 anos, chegou empurrado por um auxiliar. 

‎O Papa Francisco chegou em cadeira de rodas durante a audiência à Assembleia Plenária da União Internacional dos Superiores Gerais
Legenda: ‎O Papa Francisco chegou em cadeira de rodas durante a audiência à Assembleia Plenária da União Internacional dos Superiores Gerais
Foto: Alberto Pizzoli / AFP

Na terça-feira (3), em uma entrevista ao jornal italiano Il Corriere della Sera, ele declarou que faria infiltrações no joelho para aliviar a dor que sofre e que o obrigou a cancelar várias reuniões programadas. 

"Tenho um ligamento rompido, farei algumas infiltrações e vamos ver. Estou assim há algum tempo, não posso caminhar", disse Francisco. 

Quadro de artrose

O pontífice argentino tem artrose no joelho direito, que afetou um ligamento, mas não deve passar por uma cirurgia, segundo fontes do Vaticano. 

A infiltração no joelho é um procedimento que consiste em injetar diretamente na articulação alguns medicamentos com efeito anti-inflamatório, analgésico ou regenerativo.

Francisco, que em março iniciou seu 10º ano de pontificado, teve que pedir desculpas nas últimas semanas aos fiéis que comparecem às audiências por dar a bênção "sentado", devido a seus problemas no joelho direito que o impedem ficar de pé por muito tempo. 

Na quarta-feira (4), durante a audiência geral na Praça São Pedro, o papa estava particularmente cansado e precisou de ajuda para caminhar e a se levantar. 

Francisco também tem problemas crônicos de ciática, que costumam provocar fortes dores, e foi submetido a uma delicada operação de cólon em julho de 2021. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados