Um dia após confirmação da variante Delta, vídeos mostram festa e aglomeração em Itapipoca

Vídeos compartilhados pelas redes sociais mostram centenas de pessoas no local, sem máscara. Prefeitura lançou nota de repúdio

No dia seguinte à confirmação dos primeiros casos da variante Delta no Ceará, inclusive em um morador de Itapipoca, centenas de pessoas se reuniram em uma festa, dentro de uma churrascaria localizada no Parque de Exposições daquele Município, na noite da última sexta-feira (30). O evento foi encerrado pela Polícia Militar do Ceará (PMCE).

A Prefeitura Municipal de Itapipoca confirmou a realização do evento, na Churrascaria Cipozão, e lembrou a presença da variante Delta na cidade, em nota de repúdio publicada nas redes sociais neste sábado (31). Segundo a publicação, o evento "desrespeitou as normas sanitárias contra a Covid-19 vigentes no decreto municipal e estadual".

Vídeos compartilhados pelas redes sociais mostram centenas de pessoas na churrascaria e uma banda se apresentando. Homens e mulheres se aglomeraram no local e não utilizaram máscara.

Procurada, a administração da Churrascaria Cipozão alegou que "fizemos um evento obedecendo o horário, distanciamento e quantidade de pessoas, porém no decorrer do evento as pessoas ignoraram o disciplinador e a orientação dos seguranças. A partir desse momento, nao conseguimos mais controlar. Pedimos desculpas pelo ocorrido, entendemos o momento que estamos passando e tentamos de toda maneira manter o controle e limite de pessoas".

A Prefeitura informou ainda que o evento era privado e realizado por um estabelecimento que possui concessão pública para funcionamento no Parque de Exposições. "Contudo, os critérios definidos de distanciamento e capacidade de público foram sumariamente desrespeitados, potencializando os riscos sanitários neste período de Pandemia", reforça.

Comunicamos ainda que tão logo soubemos do ocorrido, acionamos os órgãos competentes para a suspensão do evento, através da Polícia Militar, a quem agrademos a colaboração. A Prefeitura de Itapipoca reafirma que já está tomando todas as medidas jurídicas e institucionais cabíveis para a devida responsabilização dos organizadores do evento.
Prefeitura Municipal de Itapipoca
Em publicação nas redes sociais

Responsável pela churrascaria é conduzido à delegacia

A Polícia Militar do Ceará contabilizou cerca de 200 pessoas no local e revelou, em nota, que um responsável pela churrascaria foi conduzido à Delegacia Regional de Itapipoca, da Polícia Civil do Ceará (PCCE), onde foi registrado um Boletim de Ocorrência (B.O.).

Lembramos que a pandemia ainda não acabou e que continuam em vigor decretos que restringem grandes aglomerações. Portanto, a PMCE e demais órgãos de fiscalização continuam atuando diuturnamente para fazer cumprir as normas de prevenção à COVID-19. Contamos com a colaboração de todos
Polícia Militar do Ceará
Em nota

Primeiros casos da variante Delta no Ceará

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou, na última quinta-feira (29), que quatro primeiros casos da variante Delta da Covid-19 foram identificados no Ceará. Os viajantes, oriundos do Rio de Janeiro em três voos, foram testados entre os dias 19 e 21 de julho, no Aeroporto de Fortaleza.

Segundo a Sesa, os quatro passageiros, sendo três mulheres e um homem com idades entre 22 e 26 anos, são moradores de Fortaleza (dois), Caucaia e Itapipoca. Eles desembarcaram em três voos diferentes, oriundos do Rio de Janeiro, entre os dias 19 e 21 de julho.

Desde o último dia 12, passageiros são submetidos a testes rápidos de detecção da Covid-19 no Aeroporto de Fortaleza. As análises são feitas de forma conjunta pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), pelo Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e pelo Lacen. 

Como medida preventiva, no momento em que são positivados pelo teste rápido de antígeno, ainda no aeroporto, os passageiros são orientados pela Sesa a cumprir o isolamento.

O que é a variante Delta?

Identificada pela primeira vez em dezembro de 2020, a nova cepa do coronavírus é uma das versões do vírus, que faz mudanças consecutivas para adaptação no corpo humano.

Rapidamente, a variante Delta, definida como a mais transmissível do SARS-CoV-2, se tornou a principal pelo mundo. Segundo cientistas, ela é 50% mais rápida que a primeira variante, a alfa.

Quais os sintomas da variante Delta?

Conforme o pesquisador David Straim, da faculdade de Medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, os sintomas desta cepa são muito semelhantes ao de uma gripe.

Já o chefe do Centro de Medicina Social da Universidade Jawaharlal Nehru, em Nova Delhi, Rajib Dasgupta, conta que também não é possível distingui-la das demais variantes da Covid-19.

"Todas as infecções causadas pela Covid começam como uma doença viral leve", explicou ele em entrevista concedida ao portal G1.

Apesar dos sintomas semelhantes, faixas etárias distintas podem sentir a variante de formas diferentes. Em crianças, por exemplo, diarreiacorizafebre e mal-estar são os sintomas mais comuns.

Em adultos e idosos, eles ainda podem surgir por meio dos sintomas comuns da Covid-19, como falta de ar ou tosse

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança