Motorista detido por atropelar ciclistas na Washington Soares é solto após pagar fiança de R$ 4 mil

Alvará de soltura de Tasso Silva Arruda foi expedido na noite desse domingo (23). Motorista deverá cumprir medidas cautelares, dentre elas, ficar três meses sem dirigir

Escrito por Lígia Costa, ligia.costa@svm.com.br

Segurança
motorista faz o teste do bafômetro
Legenda: Motorista foi submetido a exame etilométrico e, em seguida, conduzido ao 30º Distrito Policial
Foto: Reprodução

Um dia após ser detido por colidir com um grupo de cerca de dez ciclistas, na Avenida Washington Soares, em Fortaleza, o motorista Tasso Silva Arruda, 35 anos, teve a liberdade provisória concedida, mediante o pagamento de fiança no valor de R$ 4.033,33, na noite desse domingo (23). É o que apontam autos do processo aos quais o Diário do Nordeste teve acesso. 

Devido ao incidente, os ciclistas ficaram feridos e alguns deles precisaram ser levados para hospitais - inclusive um amigo do cantor Xand Avião, que também pratica o esporte.

A defesa requereu o pagamento de fiança e a expedição do alvará de soltura de Tasso Silva Arruda e teve as solicitações deferidas pelo Poder Judiciário do Ceará. Contudo, o juiz Fernando Antonio Pacheco Carvalho Filho impôs ainda o cumprimento das seguintes medidas cautelares:

  • Comparecimento mensal, pelo prazo de seis meses, na sede da Central de Alternativas Penais, para informar e justificar suas atividades, além de orientação psicossocial voltada à prevenção de prática delitiva;
  • Recolher-se à própria residência, das 22h às 6h e nos dias de folga e feriados, salvo se estiver trabalhando, estudando, ou em atividades relativas à saúde, ou religiosidade e desde que previamente comprovado perante o Juízo;
  • Proibição de ausentar-se da Comarca de Fortaleza/CE, por prazo superior a oito dias, sem autorização judicial;
  • Suspensão da permissão ou da habilitação para dirigir veículo automotor, pelo prazo de três meses, com fundamento no art. 294, do Código de Trânsito Brasileiro;
  • Comunicação de eventual mudança de endereço.

ciclista caído no chão, em frente a um bar
Legenda: Cerca de dez ciclistas foram colhidos pelo carro, na Avenida Washington Soares
Foto: Reprodução

O atropelamento

Após colidir com o grupo de ciclistas, na manhã do último sábado (22), Tasso Silva Arruda foi conduzido ao 30º Distrito Policial da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), onde foi autuado por crime de trânsito em razão de estar sob efeito de álcool. 

O administrador João Paulo Ponte, de 40 anos, era um dos ciclistas. Ele conta que o grupo costuma pedalar todos os fins de semana e, no sábado, saiu de Fortaleza para ir até Morro Branco, em Beberibe, e voltar - um percurso total de cerca de 120 km. Mas, por volta de 5h45, o grupo foi surpreendido por um veículo Fia Siena.

Ele teve arranhões e ficou com dores na cabeça, no pescoço, nas pernas e com o pé inchado. Foi levado ao hospital, passou por exames e foi liberado. Mas afirmou que um colega teve lesões mais sérias e precisou sair do local do acidente imobilizado, em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Motorista foi agredido, diz defesa

No processo ao qual o Diário do Nordeste teve acesso, a defesa reconhece que o motorista colidiu com várias bicicletas que transitavam na Avenida Washington Soares.

Porém, frisa que ele "parou imediatamente para os devidos primeiros socorros", sendo "retirado do veículo que conduzia por pessoas desconhecidas que passaram a agredi-lo, momentos em que a viatura da policia militar chegou e o afastou da confusão, momento em que os policiais militares solicitaram ao flagranteado se ele poderia fazer o teste do etilômetro (bafômetro) que prontamente se submeteu ao teste".

Amigo de Xand Avião entre feridos

O cantor Xand Avião utilizou as redes sociais para informar que um amigo estava entre os feridos na ocasião. Ele precisou ser levado para o hospital, onde foi constatado que teve uma lesão na clavícula, e talvez seria necessário passar por uma cirurgia.

O músico, que também pratica o ciclismo de estrada, aproveitou para pedir aos motoristas por mais respeito aos ciclistas: "Tem uma galera que passa 'tirando o fino'. Respeitem os ciclistas, porque em cima das bicicletas tem pais de família, gente que tem pai, mãe, irmão".

Se puder manter a distância que a gente pede, que é um metro. A gente sai de madrugada porque tem menos trânsito. O direito de ir e vir é de todos. Você que está no carro, respeite a gente. Hoje, quase perdemos amigos."
Xand Avião
Cantor