Bolsas com 330 kg de cocaína apreendidos no Porto do Pecém seriam levadas para a Bélgica

A informação sobre a droga chegou às autoridades portuárias brasileiras por meio da Aduana Americana

Os 330 quilogramas de cocaína apreendidos nesta sexta-feira (16), no Porto do Pecém, no litoral cearense, teriam como destino a Bélgica, na Europa. A informação foi compartilhada com as autoridades portuárias brasileiras pela Aduana Americana

A quantidade de cocaína encontrada representa a maior apreensão de drogas já feita em portos do Ceará. Há ainda a suspeita de que haja mais entorpecentes em um outro contêiner, cujo conteúdo é de materiais de sucata. As buscas ainda devem ocorrer durante a noite, por conta da periculosidade do material. Um cão farejador é utilizado na procura. 

A detecção da droga aconteceu na manhã desta sexta-feira. Estima-se que o valor total dos entorpecentes chegue a R$ 49 milhões. Todo o entorpecente estava acondicionado em dez mochilas em um carregamento de mel. 

O conteúdo do contêiner tem origem do Piauí, mas a droga teria sido incluída na carga no Ceará. Não há suspeita sobre a participação do exportador do mel no tráfico da droga. 

Toda a cocaína será levada à Polícia Federal. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança