Assaltantes invadem farmácia e rendem funcionários em Fortaleza; veja vídeo

O bando é suspeito de realizar uma série de assaltos a farmácias na noite desse sábado (22). Ninguém ficou ferido

Escrito por Redação, seguranca@svm.com.br

Segurança
farmacia assalto
Legenda: O crime aconteceu na noite desse sábado (22). Dois funcionários do estabelecimento foram abordados
Foto: Reprodução

Três homens invadiram uma farmácia localizada no bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza. O crime aconteceu na noite desse sábado (22), por volta das 21h30, instantes antes do estabelecimento fechar. Os assaltantes renderam dois funcionários que trabalhavam no local.

Câmeras de segurança do estabelecimento flagraram a ação. Nas imagens é possível perceber que os homens cobrem parte do rosto com camisas enquanto ordenam que os funcionários fiquem com as mãos para o alto. Do lado de fora, um motorista em um carro branco dava apoio à ação criminosa.

VEJA AS IMAGENS:


A reportagem apurou que a quadrilha chegou a roubar outras farmácias no mesmo dia. "Nós soubemos que eles já vinham assaltando desde o Maracanaú, fizeram várias vítimas", disse um trabalhador, que terá sua identidade preservada.

Do estabelecimento na Vila Manoel Sátiro, os suspeitos levaram cerca de R$ 500 e um aparelho celular. No momento do roubo não havia clientes na loja. Ninguém ficou ferido.

CRIMES FREQUENTES

Uma das vítimas disse ao Diário do Nordeste que não chegou a ver arma de fogo em posse do trio: "Eles se tremiam durante o assalto. Isso me fez achar que são adolescentes. Aqui já fomos assaltados outras vezes", recorda.

O funcionário informou que aguarda contato com o proprietário para registrar Boletim de Ocorrência na delegacia da região.

Em nota enviada nesta segunda (24), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Militar foi acionada, por meio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), para a ocorrência de roubo no bairro Vila Manoel Sátiro.

Na ação, três suspeitos armados roubaram o estabelecimento e funcionários do local e, em seguida, fugiram com a cobertura de outros homens em um veículo.

A Polícia Civil reforça a importância do registro da ocorrência. Até as 11h20 desta segunda, ninguém havia sido preso.